Educação oferece revisão online para a prova da Fuvest a 7,8 mil alunos da região de Assis

Cursinho preparatório reúne questões de edições passadas do exame mais concorrido do País e auxilia estudantes do Ensino Médio.

Cursinho preparatório reúne questões de edições passadas do exame mais concorrido do País e auxilia estudantes do Ensino Médio.

Nos dias que antecedem a primeira fase do vestibular da Fuvest (Universidade de São Paulo e Santa Casa), os 1,8 milhão de estudantes da rede estadual, sendo 7,8 mil deles da região de Assis, podem rever todo o conteúdo do Ensino Médio com ajuda do Curso Pré-universitário Online. Aberto 24 horas por dia, a plataforma digital é gratuita e direcionada a alunos e ex-alunos do ensino regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para acessar a página, basta informar o número de R.A (registro de aluno). Não é preciso fazer inscrição.

Criado pela Evesp (Escola Virtual de Programa Educacionais), o curso reúne questões que caíram em edições anteriores do vestibular da Fuvest. O participante terá ainda orientação simultânea sobre os erros e acertos das perguntas, com indicações dos materiais de referência que devem ser aprofundados em cada assunto e que podem ser discutidos com os professores.

Neste ano, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo registrou um aumento de 100% na procura pelo curso online pré-vestibular oferecido pela rede. A ferramenta também foi importante para a preparação para as provas do Enem, realizada no início de mês, e auxilia ex-alunos que concluíram o Ensino Médio há algum tempo e tem agora interesse em cursar uma universidade.

Dicas para uma boa redação
Além da plataforma online, foram reunidas em um vídeo com dicas para uma boa redação. O material está disponível na página da Secretaria no YouTube. Entre as sugestões dadas por professores da rede está a de manter-se bem informado e produzir textos dissertativos ao menos uma vez por semana. É preciso também estar atento ao título e caprichar na letra.

“O foco da Secretaria da Educação é dar oportunidades e ferramentas para que nossos alunos possam ingressar no ensino superior. Para isso, além das aulas presenciais, investimos também no conteúdo online. Os cursos da Evesp, que também incluiu aulas de inglês e espanhol, são gratuitos e podem ser feitos em casa ou nas salas do Acessa Escola”, afirma o secretário da Educação, Herman Voorwald.

#MAIS LIDAS DA SEMANA