Fique conectado

Educação

Alunos da escola João Mendes Junior participam de projeto de alcance nacional

Com o projeto os alunos adquirem conhecimentos e desenvolvem habilidades sociais necessárias.

Publicado em

139

Alunos da escola João Mendes Junior participam de projeto de alcance nacional (Foto: Departamento de Comunicação)

510 alunos da EMEF Dr. João Mendes Junior estão desenvolvendo o projeto “Estreitando o Brasil por meio de Cartas”, que consiste na elaboração de cartas para outras crianças de todo o Brasil.

A Escola possui 22 salas de aula regulares mais as disciplinas de Educação Física, Educação Especial – representada pela Sala de Recursos em Deficiência Visual, Tecnologia Educacional e Língua Inglesa, totalizando o número exato de estados brasileiros. Cada componente está enviando cartas para algum estado brasileiro.

“Dessa forma conseguimos ‘estreitar’ o Brasil e colocá-lo dentro da nossa querida Escola”, salientou a diretora da Unidade Leila Cristina Despincieri Santos.

Com o projeto os alunos adquirem conhecimentos e desenvolvem habilidades sociais necessárias.

Na Escola, os estudantes entram em contato com diversos assuntos para que possam compreender a realidade em que vivem. Os professores e demais profissionais da Escola estimulam a busca por essas aquisições e habilidades linguísticas.

De acordo com a diretora da unidade, Leila, a competência quatro da Base Nacional Comum Curricular – BNCC aponta que se deve incentivar o uso de diferentes formas de comunicação e linguagem, pois é importante que o aluno expresse sentimentos, opiniões e ideias. Com isso, o ambiente escolar será um local de compartilhamento de conhecimento. Além disso, o aluno entra em contato com diferentes tipos de linguagem, aumentando cada vez mais a habilidade da comunicação.

Alunos da escola João Mendes Junior participam de projeto de alcance nacional (Foto: Departamento de Comunicação)

Alunos da escola João Mendes Junior participam de projeto de alcance nacional (Foto: Departamento de Comunicação)

Educação

Enfermagem na Unopar cabe no seu bolso e no seu tempo

Mais informações pelo 18 3322. 5996 ou pelo whatsapp 18 98197.8831.

Publicado em

Assessoria de Imprensa
Enfermagem na Unopar cabe no seu bolso e no seu tempo

Um dos cursos mais procurados atualmente é o de Enfermagem! Ser enfermeiro (a) nos dias de hoje significa muito mais do que atender um paciente! Significa cuidar e fazer parte de uma equipe multidisciplinar que trabalha para a recuperação e cuidado com a saúde das pessoas. Além disso, durante o curso, o aluno estuda assuntos como Saúde Coletiva, Formação Integral em Saúde, Estratégia da Saúde da Família, Enfermagem e Trabalho, Microbiologia, entre outros.

“Na Unopar o aluno também terá acesso a estágios, visto que temos firmado convênios com hospitais e unidades de saúde. Dessa maneira o aluno vivencia na prática o que viu em sala de aula e em nossos laboratórios”, acrescenta o diretor do pólo em Assis, Rubens Silva.

O curso de Enfermagem permite atuar na Assistência direta de todos os níveis de atenção a saúde, na Gestão em instituições de saúde, Consultoria, Auditoria, Consultório Próprio, Atendimento Ambulatorial, Enfermagem do Trabalho, Ensino e Pesquisa e Assistência Domiciliar. “O aluno tem um leque de opções para atuar na área; a essência da Enfermagem é cuidar e requer muita dedicação e diversas competências técnicas, relacioais, conceituais, entre outras. E, aqui na Unopar, o aluno terá como cursar Enfermagem dentro do seu tempo e com uma mensalidade que cabe no seu bolso. Além disso, sairá com o diploma em mãos no dia da formatura”, destaca Rubens.

As aulas são até três vezes na semana. Mais informações pelo 18 3322. 5996 ou pelo whatsapp 18 98197.8831; o polo Assis fica na Avenida Rui Barbosa, 1.495, no Centro da cidade.

Continue lendo

Educação

Unopar oferece desconto de 35% em Alfabetização e Letramento e Educação Especial

Publicado em

Assessoria
Unopar oferece desconto de 35% em Alfabetização e Letramento e Educação Especial

Unopar oferece desconto de 35% em Alfabetização e Letramento e Educação Especial

Hoje em dia sabemos como é importante aprender a superar os desafios na área da educação! São ferramentas, tecnologias e métodos que a cada dia nos surpreendem. E estar antenado ao que acontece ao nosso redor e compreender um pouco mais desse universo faz com que profissional esteja a cada dia mais comprometido com sua profissão.

A Unopar sabe como é importante se atualizar e, este mês, oferece um desconto especial nos cursos de pós-graduação de 10 meses em Alfabetização e Letramento e Educação Especial Inclusiva. “Neste mês, com o desconto, a mensalidade sai a partir de R$ 80,00 e sem taxa de matrícula. É uma excelente oportunidade de continuar os estudos, ainda mais numa área tão importante como essa da educação, em que temos muita procura”, comenta o diretor da Unopar em Assis, Rubens Silva.

Mais informações no Pólo em Assis na Avenida Rui Barbosa, 1.495 no 18 3322.5996 ou pelo whatsapp 18 99748.9159.

OUTRAS OPÇÕES DE PÓS-GRADUAÇÃO

  • MBA em Agronegócios
  • Especialização em Fontes Alternativas de Energia
  • Gestão, Licenciamento e Auditoria Ambiental
  • Educação Especial
  • Direito do Trabalho e Previdenciário
  • Geriatria e Gerontologia
  • Enfermagem do Trabalho
  • Direito Ambiental
  • Gestão Ambiental Aplicada a Indústria
  • Tecnologias Ambientais
Continue lendo

Educação

Alunos constroem maquetes sobre Lugares de Assis

A ação faz parte do Plano de Ação, da área de Ciências Humanas, da escola Carolina Burali.

Publicado em

Por Fernanda Fazano

A professora de geografia, Adaliza Meloni, da E.E. Dona Carolina Francini Burali-PEI, desenvolveu junto aos alunos dos 6º anos A e B a atividade de construção de maquetes, com o objetivo dos alunos representarem lugares de Assis. A ação faz parte do Plano de Ação, da área de Ciências Humanas, da escola.

Segundo a professora, o conceito lugar, se constitui um dos conceitos estruturados da Geografia, é retomado e também são trabalhadas formas de representação espacial. “Desta maneira, a dinâmica das maquetes possibilitou que os alunos representassem espacialmente os lugares de Assis que tivessem importância para eles. Uma das orientações para a realização da construção das maquetes foi a de que os alunos deveriam utilizar materiais que tivessem em casa, com a finalidade de reaproveitar materiais que tivessem sido descartados”, explicou.

Adaliza ainda relata que a construção de maquetes enquanto metodologia de ensino possibilita que os alunos projetem o espaço vivido para o espaço representado, formem raciocínios geográficos e desenvolvam a consciência espacial, pois ao construir sua própria maquete, o aluno analisa a questão espacial do ambiente, a ordem lógica da organização e realiza um planejamento próprio, podendo de forma prática e concreta analisar o porquê de certas ordens e aplicar conceitos, que por vezes são subjetivos. “As maquetes construídas pelos alunos foram apresentadas primeiramente na sala de aula com o intuito dos mesmos explicarem as escolhas que os motivou a representarem aquele determinado lugar e quais foram as estratégias e materiais utilizados e depois em exposição para a escola toda”, concluiu.

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas