Elimine 5 quilos em 15 dias com a dieta do chá amarelo

O chá amarelo tem grande quantidade de ácido gálico que protege o fígado dos efeitos nocivos das toxinas, presentes no ar poluído e até na alimentação.

Elimine 5 quilos em 15 dias com a dieta do chá amarelo (Foto: Reprodução)
Elimine 5 quilos em 15 dias com a dieta do chá amarelo (Foto: Reprodução)

Depois do chá verde, branco e vermelho, agora é a vez do amarelo fazer parte da sua dieta e acelerar a perda de peso. Assim como os três primeiros, ele é extraído da planta Camellia sinensis – muda apenas a fase da colheita e o tempo de fermentação. O resultado? Uma bebida de coloração amarelada e sabor suave, quase adocicado – ótima notícia, especialmente para quem não se adaptou ao gosto amargo do famoso chá verde.

INIMIGO DAS TOXINAS

Um estudo japonês, feito com todos os tipos de chá da Camellia sinensis e publicado na revista americana Phytotherapy Research, revelou que o chá amarelo tem uma quantidade surpreendente de ácido gálico (três vezes mais que no verde e oito que no branco). Esse componente protege o fígado dos efeitos nocivos das toxinas, geralmente presentes no ar poluído que respiramos e até na alimentação.

Outro benéfico do ácido gálico é estimular a produção das enzimas hepáticas, que colocam as substâncias inimigas para fora. Acumuladas no organismo, as toxinas causam danos às células e, consequentemente, aumentam a retenção de líquido e dificultam a perda de peso. Ou seja, o chá amarelo pode contribuir duplamente para você se livrar das gordurinhas teimosas.

Só um detalhe: assim como outros chás, o amarelo deve ser aliado a uma dieta. Melhor ainda se o cardápio privilegiar alimentos que ajudam a saciar a fome rapidinho, além de estimular o bom funcionamento do intestino e do organismo em geral. A combinação chá amarelo + dieta vai ajudá-la a emagrecer até 5 quilos em 15 dias. Então, já colocou a chaleira no fogo!?

QUANTO BEBER

Para obter os benefícios positivos do chá amarelo, você deve consumir no mínimo quatro copos grandes (cerca de 1 litro) por dia. Impossível? Lembre-se: o sabor é bem mais suave que o verde e, por isso, fica fácil (e agradável) atingir essa medida. O problema é o excesso de cafeína? Ele tem um teor reduzido desse componente e, portanto, oferece menos risco de irritar o estômago ou tirar o sono quando consumido no fim do dia. Mesmo assim, evite o consumo se estiver grávida ou com problemas de estômago.

COMO FAZER

Coloque a água no fogo, mas não deixe ferver. Assim que surgirem as primeiras bolhinhas, acrescente a erva (1 colher de sobremesa para cada 200 mililitros de água) e desligue o fogo. A água muito quente degrada os compostos biotivos da erva, diminuindo os efeitos positivos. Tampe a panela por 5 minutos e coe.

A MELHOR VERSÃO

Sempre que possível, prefira a erva desidratada a granel, própria para infusão. As cápsulas com o extrato de chá amarelo também são poderosas, mas devem ser prescritas pelo seu médico ou nutricionista. Você só encontra o chá em pó instantâneo ou sachê? Escolha uma boa marca e observe no rótulo se a erva é extraída da Camellia sinensis.

BOAS COMBINAÇÕES

O chá pode ser preparado com ervas aromáticas (hortelã, cidreira, camomila) ou misturado com suco de frutas. Porém, sempre use 1 colher de sobremesa da erva para 1 xícara (200 ml) de água. Se quiser preparar uma quantidade maior de chá, mantenha-o na geladeira no máximo por 12 horas. Quente ou frio, o efeito é o mesmo.

Evite beber o chá logo após as refeições principais (almoço e jantar). As catequinas podem prejudicar a absorção dos minerais, principalmente ferro e cálcio, presentes nos alimentos consumidos. Mas, depois de 30 minutos, o chá fica liberado.

#MAIS LIDAS DA SEMANA