Fique conectado

Estilo de vida

Aprenda como fazer o delicioso feijão gordo

Confira.

Publicado em

452

Nosso Campo mostra receita de feijão gordo e saboroso (Foto: Divulgação)

Tem gente que chama de falsa feijoada, mas esse prato é mesmo conhecido no Brasil todo como feijão gordo. É um dos clássicos da nossa culinária e o preparo é simples.

Ingredientes

  • 1 quilo de feijão carioquinha;
  • ½ quilo de panceta;
  • ½ quilo de carne seca;
  • 1 quilo de costelinha de porco;
  • 300 gramas de calabresa;
  • 300 gramas de bacon;
  • 3 cebolas grandes;
  • 1 lata de extrato de tomate;
  • 1 sachê de molho de tomate;
  • Alho triturado (a gosto);
  • Pimenta calabresa;
  • Cheiro verde;
  • Sal.

Modo de preparo

Cozinhe o feijão e reserve. Frite o bacon e a calabresa até que fiquem bem douradinhos. Frite também a cebola. Coloque na panela o extrato e o molho de tomate. Acrescente o alho, o sal e a pimenta calabresa. Inclua a costelinha e a carne seca. Deixe um pouco mais no fogo e adicione o feijão já com a panceta (que foi colocada quase no finalzinho do cozimento). Mexa e acrescente o cheiro verde para finalizar. Bom apetite!

Estilo de vida

17 frases de autoestima para lembrar que você é incrível

Por Marcela De Mingo.

Publicado em

Do MSN
Frases de autoestima (Foto: Reprodução)

Eu sei o que você está pensando: ‘como frases de autoestima podem me ajudar a me amar mais?’. Parece não fazer sentido mesmo, mas se a gente aprendeu qualquer coisa com aquelas incríveis com o treino do amor próprio, é que é sempre bom ter um mantra em mãos para os momentos de dificuldades.

Então, o nosso objetivo é que você tenha frases de autoestima coladas por todos os lados – no espelho do banheiro, no computador, dentro da sua agenda e até na tela de fundo do celular – para sempre lembrar do quanto você é importante e do quanto merece aprender a gostar de si mesma.

Porque, na verdade, é isso que essas frases de autoestima vão fazer: elas serão um gatilho para você treinar todos os dias o seu amor próprio e a sua confiança, e uma lembrança de que é possível você aceitar a sua perfeição, exatamente como é.

1.Querer ser outra pessoa é um desperdício da pessoa que você é – Marilyn Monroe.

2.Um homem não pode ser confortável sem a sua própria aprovação – Mark Twain.

3.Ame a si mesmo primeiro, e tudo se encaixa. Você precisa mesmo se amar para conseguir fazer qualquer coisa nesse mundo – Lucille Ball.

4.Ninguém pode fazer você se sentir inferior sem o seu consentimento – Elanor Roosevelt.

5.Nunca abaixe a cabeça. Sempre a mantenha alta. Olhe o mundo direto nos olhos – Helen Keller.

6.Amar a si mesmo é o começo de um romance para a vida toda – Oscar Wilde.

7.Seja fiel a isso que existe dentro de você – André Gide.

8.Você sempre está com você mesma, então é melhor aproveitar a companhia – Diane von Furstenberg.

9.Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, acorda – Carl Gustav Jung.

10.Demorou muito para eu não me julgar por meio do olhar dos outros – Sally Field.

11.Nunca é tarde de mais para ser quem você deveria ser – Geroge Eliot.

12.Eu não aprovo algumas das coisas que fiz, que sou ou que fui. Mas eu sou eu. Deus sabe que eu sou eu – Elizabeth Taylor.

13.Você, assim como qualquer um no universo, merece o seu amor e afeição – Buda.

14.Pense como uma rainha. Uma rainha não tem medo de falhar. Falhar é apenas mais um degrau para a grandeza – Oprah.

15.A vida não é fácil para nenhum de nós. Mas e daí? Nós devemos ter perseverança e, acima de tudo, confiança em nós mesmos. Nós devemos acreditar que temos talento para algo e que esse algo precisa ser realizado – Marie Curie.

16.Não gaste a sua energia tentando mudar opiniões. Faça o que você quer fazer, e não se importe se eles não gostarem – Tina Fey.

17.Se eu não colocar a minha cabeça para fora da minha concha e mostrar para os outros quem sou, tudo o que eles vão pensar é que eu sou a minha concha – Shonda Rhimes.

Continue lendo

Estilo de vida

Como a corrida te deixa mais forte psicologicamente

Veja como essa atividade estimula sua mente.

Publicado em

Do MSN

De fato, além do benefício físico, a corrida ajuda uma pessoa a ficar mais forte psicologicamente. Aliás, o esporte tem a capacidade de ensinar muito às pessoas e reproduzir situações semelhantes às do cotidiano. É comum constatar que a corrida se converte rapidamente em uma poderosa ferramenta de autoconhecimento.

Talvez isso explique a enorme popularidade da modalidade em todos os cantos do planeta. A cada quilômetro nos treinos e provas, a corrida pode nos dar uma série de lições. Listamos quatro fatores da corrida que contribuem para que ela seja também uma aliada da sua mente.

Como a corrida ajuda uma pessoa a ficar mais forte psicologicamente

1) Terapia sem custos

“A corrida gera autoconhecimento. É um esporte sem intervalos em que a pessoa fica sozinha e está pensando o tempo todo. E tem sido cada vez mais raro entrar em contato consigo mesmo na sociedade atual”, explica a psicóloga do esporte Julia Amato.

A rotina de trabalho, a convivência familiar e até mesmo os inúmeros dispositivos tecnológicos que surgiram nos últimos anos fazem com que o tempo para refletir sobre os rumos da própria vida seja cada vez mais escasso. Além de trazer benefícios à parte física, a corrida representa uma jornada de autoconhecimento. Os minutos ou horas em que a pessoa se dedica às passadas são acompanhados de diversos pensamentos sobre profissão, projetos pessoais e relacionamentos. Segundo Carlos Tramontina, jornalista da TV Globo, é “a terapia mais barata que existe”.

2) Desenvolve resiliência

Imagine a seguinte situação: você está no km 34 de uma maratona para a qual se preparou durante cinco meses e sente um forte incômodo em um dos pés. É inevitável pensar que abrir mão daqueles 8 km restantes seria jogar no lixo toda a dedicação dos meses anteriores. É aí que você tira um gás que pensava que não tinha e cruza a linha de chegada. O sacrifício físico e mental é transformado automaticamente na gratificante sensação de dever cumprido.

As dores são obstáculos comuns para quem vive a corrida há algum tempo. Transportar essa resiliência (a capacidade de lidar com problemas, adaptar-se a mudanças e resistir à pressão de situações adversas) para outros campos da vida pode te levar mais longe na profissão, por exemplo.

3) A importância de dosar a competitividade

A competitividade é o motor para que qualquer esportista tenha vontade de superar limites e alcançar grandes objetivos. É esse apetite que te move a resultados que nem você acredita que seria capaz de alcançar.

Em contrapartida, a competitividade em excesso pode provocar ansiedade, lesões e problemas interpessoais. Afinal, ninguém quer conviver com um egocêntrico que, antes de dar “bom dia”, sai tagarelando sem critério algum sobre seus tempos nas maratonas de Chicago, Berlim ou Boston, talvez com o intuito de diminuir os feitos dos outros.

“A competitividade é sadia quando a pessoa direciona isso para a dedicação nos treinos, a alimentação regrada e as atividades complementares, como a musculação, por exemplo. A partir do momento em que ela vai competir com o outro, se essa competitividade estiver fora da linha, pode surgir um overtraining”, analisa Amato.

4) Lições de humildade

Você certamente já se deparou diante de um amigo ou companheiro de treino que estabeleceu metas inatingíveis para a corrida. Saltar dos 5 km para a meia-maratona em apenas dois meses e almejar um tempo baixíssimo sem treinar o suficiente para alcançá-lo são apenas alguns dos exemplos de objetivos pouco ou nada factíveis.

Os tombos na corrida devem ser encarados como verdadeiras lições de humildade, sinais de alerta para a transformação de nosso comportamento no esporte – e, por que não, na vida. Lidar com a frustração e usar as experiências negativas para acertar no futuro é uma das heranças da modalidade.

Sua forma de encarar a corrida pode ser um sinal de sua arrogância – ou de sua humildade, é claro. Nenhum corredor está imune às dificuldades que podem surgir no percurso.

Por mais preparado que você esteja, sempre pode pintar algum contratempo. Na Maratona de Londres de 2017, Kenenisa Bekele esperava quebrar o recorde mundial dos 42 km, mas terminou com a segunda colocação e encontrou uma justificativa incomum para seu fracasso: culpou seu par de tênis pelo resultado. A declaração soou arrogante e repercutiu mal na mídia estrangeira.

Continue lendo

Estilo de vida

Banana, um poderoso pré-treino!

Dicas de como utilizar a banana em diferentes formas de preparo antes do treino.

Publicado em

Do G1
Fruta agrega valor nutritivo para garantir energia e nutrição ao treino — Foto: Pixabay/Divulgação

A banana é umas das frutas mais apreciadas pela maioria das pessoas. É indicada para diversos momentos de uso ao longo do dia, incluindo o pré-treino. Estudos mostram que o consumo de banana madura, especialmente a nanica, antes e durante exercícios intensos e de alta intensidade, leva a produção de ácidos fenólicos no intestino que auxiliam na recuperação. A alteração da permeabilidade intestinal induzida pelo exercício favorece a produção e a absorção desses compostos bioativos da banana.

Como incluir esta fruta antes do treino?

Por ser uma fruta extremamente versátil na culinária, pode ser combinada em diferentes preparações que agregam valor nutritivo para garantir energia e nutrição ao treino. Vejam:

Smoothie de banana com gengibre

  • 1 banana congelada
  • 1 copo de leite semidesnatado
  • 2 tâmaras (opcional)
  • 2 colheres de leite de coco
  • Lascas de gengibre
  • Preparo: hidrate as tâmaras no leite de coco. Bata todos os ingredientes no liquidificador com gelo.

Panqueca proteica de banana

  • 1 xícara de farinha de aveia
  • 2 bananas
  • 1 ovo
  • 1 scoop de proteína em pó (vegetal ou whey protein)
  • 2 colheres de semente de linhaça
  • Canela em pó
  • Preparo: bata os ingredientes com auxílio de um garfo em um recipiente, até formar uma massa homogênea. Coloque em uma forma antiaderente e deixe dourar dos dois lados.

Iogurte com banana e granola

  • 1 pote de iogurte natural sem açúcar
  • 1 colher de mel
  • 1 banana picada
  • Granola caseira (aveia em flocos, castanhas picadas, amêndoas, semente de linhaça, uvas-passas)
  • Preparo: misture todos os ingredientes em um recipiente e consuma em seguida.

Alta proporção proteica, carboidratos de qualidade e densidade de micronutrientes e fitoquímicos que garante maiores resultados na performance esportiva!

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas