Fique conectado

Estilo de vida

Como podemos envelhecer com saúde e bem-estar?

Mudar o estilo de vida é o principal passo para ter mudanças na saúde.

Publicado em

83

Foto: Pixabay/Divulgação

Mudar o estilo de vida é o principal passo para ter mudanças na saúde. O mundo onde vivemos com alto nível de estresse, com baixa qualidade na alimentação e, muitas vezes, sem curtir a vida da forma correta é um fator contribuinte para o desenvolvimento de diversas doenças.

A chamada Medicina do Estilo de Vida é um tipo de intervenção, que vem crescendo a cada dia mais e que conta com o empoderamento do paciente, tornando-o mais informado e ativo no processo de transformação da saúde. Ela envolve diferentes terapêuticas que vão desde modulação alimentar, prática de meditação, até manejo de estresse e equilíbrio do sono diário.

Meditação: uma prática milenar que está ativa atualmente

O estresse é considerado o mal do século, e progressivamente é um dos responsáveis por diversos tipos de doenças e comprometimento da saúde. Os brasileiros são considerados a segunda população mais estressada. Uma das formas de minimizar os efeitos dessa condição negativa é a meditação.

A meditação é uma forma de equilibrar o estado mental a ter mais foco e atenção em atividades simples do cotidiano, além de promover efeitos calmantes e tranquilizantes.

Conciliar a meditação com o Mindful Eating (comer com atenção plena), é uma maneira assertiva de aprender a controlar possíveis compulsões alimentares, além de melhorar a mastigação e a digestão!

Estilo de vida

Aprenda a preparar um delicioso filé de calabresa à parmegiana

A receita é uma opção ao tradicional filé à parmegiana, que é tão popular.

Publicado em

Do G1
Vamos saborear um filé de calabresa à parmegiana? — Foto: TV TEM/Reprodução

O filé à parmegiana é um dos pratos mais conhecidos de norte a sul do Brasil. Aproveitando esse sucesso culinário, confira uma dica de receita um pouco diferente. É um filé à parmegiana feito com linguiça calabresa. É um prato simples e delicioso.

Ingredientes para o filé:

  • 300 gramas de linguiça fresca (sem pele);
  • 500 gramas de linguiça calabresa curada (passada no ralador);
  • 1 ovo;
  • 20 gramas de farinha de rosca;
  • Sal.

Ingredientes para empanar:

  • 2 ovos;
  • Farinha de rosca;

Ingredientes para montar a parmegiana:

  • 300 ml de molho de tomate;
  • 300 gramas de muçarela ralada;
  • 50 gramas de queijo parmesão ralado.

Modo de preparo:

Junte a linguiça calabresa, a linguiça fresca, o ovo, a farinha de rosca e uma pitada de sal. Sove bem e, depois, molde em cima de um saquinho plástico. Envolva com o saco plástico e leve para o congelador por duas ou três horas.

Com o filé ainda congelado, empane primeiro no ovo e, em seguida, na farinha de rosca. Frite no óleo a 180 graus até ficar dourado. Cuidado para não mexer muito, porque o filé pode desmanchar.

Coloque em um refratário com um pouco de molho de tomate por baixo e por cima. Capriche cobrindo com muçarela. Finalize com parmesão ralado. Leve para o forno até derreter o queijo. Bom apetite!

Vamos saborear um filé de calabresa à parmegiana? — Foto: TV TEM/Reprodução

Continue lendo

Estilo de vida

Vegetarianismo x Veganismo: saiba quais são as principais diferenças

Conheça a dieta vegetariana e vegana!

Publicado em

Do G1
Diferença do vegetarianismo e veganismo inclui não se alimentar de produtos de origem animail e priorizar a preferência por grãos e outros alimentos — Foto: Divulgação

Você sabe a diferença entre o vegetariano e o vegano? Como um dos temas mais votados da nossa enquete, hoje falarei um pouco sobre esse estilo de vida, que vem crescendo cada vez mais.

Veganismo

O veganismo é um estilo de vida na qual as pessoas não consomem qualquer tipo de produto de origem animal ou que envolva animais em sua produção. Destes alimentos, incluem carnes de todos os tipos, leite, ovos ou mel. O vegano não se restringe apenas à alimentação, mas também a não utilização de cosméticos e produtos de limpeza que tenham compostos de origem animal ou que sejam testados em animais, além de roupas como lã, seda ou couro. A alimentação é baseada em todas as opções vegetais, incluindo grãos, cereais, leguminosas, legumes, verduras, frutas, oleaginosas, etc.

Vegetarianismo

Já o vegetarianismo se refere a quem segue uma dieta que exclui alimentos de origem animal, e diferentes classificações, seja pelos animais, pela saúde, pelo meio ambiente ou por outros motivos. O vegetariano pode ser classificado em ovolactovegetariano, aqueles que excluem carnes, mas incluem leite e derivados; ou vegetariano estrito, que levam a alimentação igual ao vegano, mas que são flexíveis em relação à vestimenta ou uso de cosméticos com elementos de origem animal.

Para se tornar vegetariano ou vegano, o ideal é procurar um nutricionista que adeque a sua alimentação de forma equilibrada e com suplementação de qualidade, a fim de evitar possíveis carências de micronutrientes, especialmente vitamina B12!

Continue lendo

Brasil

Site do Mais Médicos fica fora do ar no primeiro dia de inscrição para o programa

Ministério admite ‘instabilidade’ por alto número de acessos. Segundo o órgão, foram 2 mil inscritos na primeira hora do 1º dia de inscrições.

Publicado em

Do G1
Site de inscrição para o programa Mais Médicos ficou fora do ar na manhã desta quarta (21). — Foto: Reprodução/Ministério da Saúde

O site para a inscrição de profissionais interessados em fazer parte do programa Mais Médicos ficou fora do ar na manhã desta quarta-feira (21), primeiro dia de abertura de cadastramento para preencher os postos que serão deixados pelos profissionais cubanos.

De acordo com o órgão, desde terça-feira (20) o site recebeu mais de um milhão de acessos. E nesta manhã, ainda segundo o ministério, foram registradas duas mil inscrições “na primeira hora do dia”.

O G1 tentou acessar o endereço http://maismedicos.gov.br/ e a mensagem é que ele estava indisponível.

O mesmo aconteceu com o endereço http://maismedicos.saude.gov.br/new/web/app.php/inscricao.

O interessado em fazer parte do Mais Médicos deveria acessar o site a partir das 8h para se cadastrar. A seleção leva em conta a ordem de inscrição, que poderá ser feita até as 23h59 de 25 de novembro.

Procurado, o Ministério da Saúde, responsável pelo programa, informou que as insrições “seguem ativas” e que o sistema “tem registrado picos”, o que pode levar a “dificuldades de acesso” (veja a íntegra da nota abaixo).

Total de vagas

São 8.517 vagas para atuação em quase 3 mil municípios e 34 distritos indígenas. O salário é de R$ 11.800. Podem se candidatar às vagas os médicos brasileiros com CRM Brasil ou com diploma revalidado no país.

Nas redes sociais, os interessados em se inscrever relatavam dificuldades.

Íntegra da nota do Ministério da Saúde

“O Ministério da Saúde informa que as inscrições do Programa Mais Médicos estão ativas e vão até o dia 25 de novembro. Devido ao grande número de acessos, o Sistema para a inscrições têm registrado picos, e nesses momentos, pode haver dificuldades de acesso, que é retomado em seguida. Desde ontem, já foram registrados um milhão de acessos, e na primeira hora desta quarta-feira (21/11), registradas inscrições de dois mil médicos.

O Edital oferta 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba. O início das atividades está previsto para 3 de dezembro.”

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Banner Star Som
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas