Fique conectado

Falecimento

Morre Maria Inês Gimiliani Vicente, aos 27 anos

Jovem, que sofreu parada cardíaca, era filha do sócio da Assis Diesel.

Publicado em

2.125

Morre Maria Inês Gimiliani Vicente, aos 27 anos

A jovem Maria Inês Gimiliani Vicente, de 27 anos, filha de José Carlos Vicente, um dos sócios da Assis Diesel, faleceu na tarde desta quarta-feira (13) após sofrer uma parada cardíaca em Ourinhos (SP), onde morava.

O corpo de Maria foi transladado para Assis e está sendo velado na sala 2 do Centro Funerário São Vicente, na avenida Abílio Duarte de Souza.

O sepultamento está marcado para às 14h desta quinta-feira (14) no Cemitério Municipal da Saudade em Assis (SP)

Falecimento

Morre Joaquim Ataliba, aos 55 anos, vítima de infarto

Fatalidade aconteceu na tarde deste domingo (19).

Publicado em

Do AssisNews
Morre Joaquim Ataliba, aos 55 anos, vítima de infarto

Faleceu aos 55 anos, vítima de infarto, o assisense Joaquim Ataliba. Conhecido no meio do esporte assisense, Joaquim jogou em times de futebol amador como goleiro.

De acordo com informações, ele começou a passar mau e foi socorrido e encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu e faleceu.

Seu corpo está sendo velado no Centro Funerário São Vicente Prever, na Sala 2. O sepultamento deverá ocorrer nesta segunda-feira (20), mas até a publicação da matéria, o horário ainda não havia sido definido. Joaquim era casado, deixa a esposa e filhos.

Continue lendo

Falecimento

Aos 51 anos, enfermeira de Assis sofre infarto e morre

Publicado em

Do AssisNews
Aos 51 anos, enfermeira de Assis sofre infarto e morre

Morreu aos 51 anos a enfermeira Sônia Yara Anacleto, vítima se um infarto na noite desta terça-feira (14).

Sônia trabalhava na Hospital de Cirurgia Plástica “Fontana Della Gioventú”.

O corpo foi velado no Velório Municipal de Maracaí e sepultado nesta quarta-feira (15).

Continue lendo

Falecimento

Bombeiro Gilson Romão é sepultado com ‘honras militares’ em Cândido Mota

O cândido-motense faleceu aos 51 anos, vítima de câncer.

Publicado em

De O Diário do Vale

Bombeiro Gilson Romão é sepultado com ‘honras militares’ em Cândido Mota

Foi sepultado na manhã desta segunda-feira (22), no cemitério municipal de Cândido Mota (SP), com honras militares, o corpo do bombeiro Gilson Antunes Romão, de 51 anos, que faleceu no sábado, dia 20, vítima de câncer.

Ele estava internado no Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo, na capital.

O cortejo com o corpo do subtenente chegou ao velório ‘Antonio Marobo’, por volta das 13h de domingo (21) acompanhado pelas viaturas da base do Corpo de Bombeiros de Cândido Mota, onde Gilson atuou como comandante, antes de entrar para a reserva.

O cândido-motense já havia também atuado no Posto de Bombeiros na cidade de Assis. Ele era viúvo e deixa duas filhas.

Bombeiro Gilson Romão é sepultado com ‘honras militares’ em Cândido Mota

Continue lendo
Solutudo 300
Silvana lopes
Plenitude
Publicidade

FaceNews

Mais lidas