Assisense que morava na Alemanha sofre queda e morre

Assisense Adilson Silva morre na Alemanha (Foto: Arquivo Pessoal)

Assisense Adilson Silva morre na Alemanha (Foto: Arquivo Pessoal)

O assisense Adilson José da Silva, de 60 anos de idade, que morava em Frankfurt, na Alemanha, teve sua morte confirmada por volta das 10h30 (horário do Brasil) nesta quarta-feira (19).

As informações ainda são desencontradas, mas ele teria morrido na UTI de um hospital, com traumatismo craniano.

Dias atrás, ele sofreu uma queda de bicicleta e estava sendo a proteção do capacete.

No entanto, há uma outra informação de que ele também teria sofrido uma queda no prédio em que morava.

Uma sobrinha de Adilson, que mora em Portugal, viajou para Frankfurt na terça-feira com a finalidade de acompanhar o caso.

Um funcionário da Embaixada do Brasil na Alemanha também já teria sido acionado.

Até o fechamento da edição, a família não tinha uma definição sobre o eventual traslado do corpo para Assis.

Adilson José da Silva trabalhou como gráfico no jornal Voz da terra e foi agente fiscal na Prefeitura Municipal de Assis na gestão do ex-prefeito José Santilli Sobrinho, no início da década de 80, e se mudou para a Alemanha em 1984.

Há mais de 20 anos, Adilson trabalhava no Aeroporto de Frankfurt, como funcionário da empresa aérea Lufthansa e tinha facilidade para viajar para o Brasil com bastante frequência.

Pensando no futuro, após a aposentadoria que se aproximava, Adilson Silva planejava retornar definitivamente para Assis e morar, com a mãe, numa casa que estava construindo num condomínio Provence, na avenida Rui Barbosa.

*Jornal da Segunda

#MAIS LIDAS DA SEMANA