Visando contribuir para a melhoria e manutenção do atendimento da Pastoral da Criança, Organismo de Ação Social da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos), a Vale Paranapanema firmou um convênio para a arrecadação de doações financeiras da comunidade por meio da conta de luz.

“A Vale Paranapanema utiliza seu sistema de arrecadação sem custo algum para a entidade. A proposta é sensibilizar a comunidade, criando uma rede de solidariedade, onde com uma pequena ajuda grandes ações podem ser realizadas em prol de mais de um milhão e oitocentas mil crianças pobres de 0 a 6 anos”, disse o Superintendente Comercial da Vale Paranapanema, Paulo Francisco Figueiredo Barbério.

Para contribuir, o titular da unidade consumidora deve preencher a ficha de adesão, autorizando o débito de 1 ou 2 reais, indicar o número da unidade consumidora e assinar.

Segundo a Coordenação Nacional da Pastoral, o dinheiro arrecadado será convertido em benefício de crianças e também de famílias pobres assistidas pela entidade. Em caso de dúvidas, o cliente pode procurar a Pastoral da Criança da sua cidade ou ligar para 0800 41 00 84, para solicitar a ficha de adesão.

 

Sobre a Pastoral da Criança

O trabalho da Pastoral da Criança é reconhecido internacionalmente, graças à Dra. Zilda Arns, fundadora da pastoral. São milhares de voluntários ajudando a reduzir a desnutrição, a mortalidade infantil, criando oportunidades para que as crianças tenham uma vida plena.

Os voluntários da Pastoral da Criança desenvolvem ações de saúde, nutrição, educação, cidadania e espiritualidade de forma ecumênica nas comunidades pobres.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Assis guarda a história do oeste paulista e lugares incríveis para visitar

Assis é considerada a “cidade fraternal” do interior de São Paulo.

Santa Casa de Assis realiza 1ª cirurgia cardíaca aberta

A cirurgia foi a troca da válvula aórtica por uma moderna prótese.

Morador sofre queimaduras em 60% do corpo em explosão de gás encanado

O Corpo de Bombeiros foi acionado e auxiliou no resgate da vítima

Laudo necroscópico aponta que mulher assassinada levou quatro facadas

Assassinato aconteceu no dia 20 de abril.