Na manhã desta quarta-feira, 16, aconteceu uma reunião de trabalho na Prefeitura Municipal de Assis, onde ficou definido que não haverá desfile oficial das escolas de samba no carnaval deste ano.

Além do prefeito, participaram da reunião a assessora do gabinete Regina Meyer Barreto, Oscar Gozzi, a diretora executiva da Fundação Assisense de Cultura, Nathalia Kill e os representantes das escolas de samba Reinaldo Nunes e Paulo Bonato da Unidos da V.O., Benedito Carlos da Silva da União da Glória e Audálio Cupertino Duarte da Imperatriz Assisense.

Durante a reunião, o prefeito Ricardo Pinheiro ouviu a opinião dos presentes, antes de tomar sua decisão.

A idéia de não realizar o desfile neste ano foi colocada em pauta pelo presidente da V.O. Reinaldo Nunes, o Português, que destacou o problema financeiro enfrentado pela Prefeitura Municipal, onde a dívida publica é de R$24 milhões além dos salários atrasados dos servidores.

“Falta de tempo hábil para apresentação de um desfile a altura do que o povo merece, não acho justo que as escolas e a Prefeitura façam um desfile improvisado nesse momento”, enfatizou Português.

O prefeito questionou se todos concordavam; como houve consenso, decidiu-se que este ano não haverá o evento.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Sepultamentos na região neste dia 11 de abril

No Cemitério Municipal da Saudade, em Assis, não há sepultamento previsto

Morador sofre queimaduras em 60% do corpo em explosão de gás encanado

O Corpo de Bombeiros foi acionado e auxiliou no resgate da vítima

Sepultamentos em Assis neste dia 19 de abril

Ainda não foi definido o local do velório da menina Gabrielly, de oito anos.

Há um sepultamento em Assis nesta terça-feira, dia 12 de abril.

o féretro sairá às 9h30.