Trabalhadores protestam em frente à prefeitura (Foto: Reprodução TV TEM)

Escolas públicas de Assis, poderão ficar sem o serviço de limpeza contratado pela prefeitura. O grupo de funcionários que presta o serviço protesta contra o não pagamento do salário de janeiro. Na manhã desta segunda-feira (18), eles fizeram uma paralisação.
Pelo menos 30 empregados da empresa terceirizada para fazer a limpeza em escolas municipais estiveram na prefeitura com faixas e narizes de palhaço.

Funcionária usou nariz de palhaço no protesto
(Foto: Reprodução TV TEM)

Eles reclamaram que não receberam pelo primeiro mês trabalhado no ano. Com a manifestação, o grupo conseguiu se reunir com o prefeito Ricardo Pinheiro Santana e discutir a questão. O chefe do Executivo alegou que a empresa emitiu a ordem de pagamento com data errada e que está providenciando a correção.

Um prazo foi estipulado até a próxima sexta-feira para solucionar o problema. O prefeito também pediu aos funcionários que voltem ao trabalho.

Já os trabalhadores aguardavam uma posição da empresa, mas não descartaram a possibilidade de suspender as atividades em oito escolas se a resposta não foi comunicada até nesta terça-feira (19).

Trabalhadores protestam em frente à prefeitura (Foto: Reprodução TV TEM)
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Bombeiros ensinam como evitar acidentes com gás de cozinha

O primeiro passo, muito importante é instalar o botijão corretamente.

Fundo Social abre vagas para curso de manicure e pedicure

Os interessados devem se inscrever presencialmente na sede do Fundo Social.

Ciclismo de Assis conquista vários pódios na Copa ABD de Junqueirópolis

As provas foram disputadas em um percurso de 44 km para homens e 27 km para mulheres.