Projeto Eco.ValeVerde do Civap já destinou 126 toneladas de pneus inservíveis

Também foram destinados 8,2 toneladas de resíduos eletroeletrônicos, pilhas e baterias.

Foram destinados em 2013 126 toneladas de pneus inservíveis pelo Projeto Eco.ValeVerde do Civap (Foto: Assessoria)

Apesar dos transtornos iniciais pela interdição da rua São Paulo onde está localizado o Projeto Eco.Vale Verde. O Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema – Civap, comemora a destinação ambientalmente correta de toneladas de pneus inservíveis e demais resíduos.

O Projeto Eco.ValeVerde do Civap está em funcionamento desde 2009 e tem como finalidade centralizar o recebimento de pneus inservíveis, resíduos eletroeletrônicos, pilhas e baterias dos 21 municípios que atualmente integram o Consórcio. A vantagem é que pneus que muitas vezes ficavam expostos no tempo ou em locais inadequados ameaçando a saúde pública e utilizando espaço útil dos aterros sanitários ou controlados, agora tem um local de armazenamento apropriado, onde recebem destinação correta.

Os pneus e demais materiais recebidos no Eco.ValeVerde tem alta rotatividade, o que significa que eles permanecem por pouco tempo no ponto de recebimento. Quase que diariamente o Projeto recebe cargas com pneus vindos de toda a região e semanalmente estas cargas deixam o eco ponto seguindo para a destinação correta.

No verão, quando as campanhas contra a Dengue são intensificadas o número de cargas aumenta o que, apesar de gerar um maior fluxo de carregamentos no local, indica que os municípios, poder público e empresas privadas, estão conscientes do perigo de armazenar pneus inservíveis incorretamente e preocupados com a saúde da população.

Agentes da Vigilância Sanitária realizaram nebulização no prédio do Projeto na última semana (Foto: Assessoria)

Para garantir ainda mais a segurança da comunidade que reside próxima a área do Projeto e dos funcionários que lá trabalham, no final da última semana agentes do setor de vigilância sanitária da Secretaria de Saúde de Assis realizaram a nebulização da sede do Projeto, de forma a prevenir uma possível infestação de pernilongos e afastar qualquer perigo de foco de mosquito aedes aegypti.

Somente durante as duas semanas em que trecho da rua São Paulo esteve interditada foram destinados cerca de 19.600 pneus inservíveis – 98 toneladas. Desde o início deste ano já foram 25.200 unidades que somam 126 toneladas de pneus. Também foram destinados 8,2 toneladas de resíduos eletroeletrônicos, pilhas e baterias.

O Civap mantém outros Projetos que buscam garantir a qualidade do meio ambiente e a saúde pública das comunidades do Vale Paranapanema, um deles é o PROBEN-RCC – Programa de Beneficiamento de Resíduos da Construção Civil que conta com uma usina móvel de trituração de entulho. Este Projeto iniciou suas atividades em Rancharia no ano de 2012 e já passou por Cândido Mota, Ibirarema, Palmital e atualmente está no município de Tarumã.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA