Interdição da alça do dispositivo do km 420 da SP-270 é prorrogada

A alça de acesso no sentido Oeste continuará fechada ao tráfego até o dia 20 de março para a realização de obras de drenagem

Está prorrogada, até o dia 20 de março de 2013, a interdição da alça sentido Oeste do dispositivo do km 420 da SP-270 Raposo Tavares, no município de Palmital, para a realização de obras de drenagem no local. A CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, em continuidade às obras de melhoria nas rodovias, interditou o local no dia 18 de fevereiro de 2013 com previsão de liberação no dia 1 de março de 2013. Porém, devido às chuvas que atingiram a região no período, não foi possível concluir os trabalhos de engenharia no dispositivo e a interdição precisou ser prorrogada.

Durante a interdição, os motoristas oriundos de Palmital que desejarem acessar a Raposo Tavares no sentido Oeste deverão seguir em direção a Ourinhos (sentido Leste) até o km 418+500, onde poderão fazer o retorno. Os usuários de veículos de até 4,8 metros de altura que trafegarem pela Raposo Tavares em direção a Assis (sentido Oeste) e desejarem fazer o retorno deverão seguir até o km 424.

O retorno para os veículos acima de 4,8 metros de altura, durante a interdição da alça Oeste do dispositivo do km 420+500, será feito no km 429.  Para os demais usuários da Raposo Tavares não haverá alteração no tráfego. O local interditado está com sinalização reforçada. A orientação aos motoristas é reduzir a velocidade e redobrar a atenção ao se aproximar da alça interditada.

A CART, uma empresa da Invepar Rodovias, administra o Corredor Raposo Tavares, formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, num total de 444 quilômetros entre Bauru e Presidente Epitácio.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA