Civap recebe mais de 4 toneladas de resíduos eletroeletrônicos

O mutirão que foi realizado no início do mês será realizado novamente

No primeiro mutirão foram recebidos e encaminhados mais de 4 toneladas de resíduos.

O Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema – Civap, por meio do Projeto Eco.ValeVerde realizou no início deste mês um mutirão para recebimento de resíduos eletroeletrônicos. Na oportunidade foram recebidos 4. 125 kg de resíduos eletroeletrônicos, grande parte deles, peças de computadores, monitores, estabilizadores, fontes, teclados e outros.

O Projeto Eco.ValeVerde realiza novo mutirão de resíduos eletroeletrônicos até dia 23 de abril

A receptividade e participação da comunidade neste primeiro mutirão incentivaram os coordenadores do Projeto a promover um novo período de recebimento. E mais uma vez o Civap por meio do Projeto Eco.ValeVerde, convida a comunidade a entregar  peças de computador, televisores, microondas, aparelhos de som e de DVD, videocassete, scanner, fax, estabilizadores, impressoras, cartuchos, cabos, aparelhos de celular e demais resíduos eletroeletrônicos inservíveis. O objetivo é destinar de maneira correta estes resíduos, que geralmente acabam abandonados em terrenos, expostos ao tempo e ocasionando problemas de saúde pública e causando a contaminação do meio ambiente por conta dos metais pesados encontrados em sua composição.

A entrega dos resíduos eletroeletrônicos deve ser feita até o dia 23 de abril diretamente na sede do Projeto que fica na rua Rua São Paulo, 1.036 – próximo ao campo da Ferroviária de 2ª a 6ª feira das 8h às 11h e das 13h às 17h.

O Projeto Eco.ValeVerde do Civap está em funcionamento desde 2009 e tem como finalidade centralizar o recebimento de pneus inservíveis, resíduos eletroeletrônicos, pilhas e baterias dos 21 municípios que atualmente integram o Consórcio. Os avanços tecnológicos conquistados nos últimos anos foram responsáveis por diversificar e baratear a fabricação de diversos produtos eletroeletrônicos. Novos produtos no mercado promovem uma troca constante de aparelhos e componentes, fato que gerou nos municípios um problema quanto o recebimento, armazenamento e destinação correta destes resíduos que já não tem mais utilidade. O descarte incorreto destes materiais promove diversos danos ao meio ambiente, principalmente pela ocorrência de metais pesados e altamente tóxicos em sua composição. O Eco.ValeVerde busca minimizar o problema, recebendo adequadamente os resíduos eletroeletrônicos e outros materiais inservíveis e oferecendo aos mesmos o destino correto. Mais informações sobre o mutirão e sobre o Projeto pelo fone 18 3323-2368.

#MAIS LIDAS DA SEMANA