ANEEL autoriza o reajuste tarifário da Vale Paranapanema

O efeito médio para o consumidor com as novas tarifas será de 13,94%.

A Diretoria da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou hoje, dia 07/05, o reajuste anual nas tarifas de energia elétrica da Vale Paranapanema.

Os índices aprovados devem incidir na tarifa já reduzida, de acordo com a Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) anunciada em 24/01 e conforme dispõe a Lei Nº 12.873/2013.

O efeito médio para o consumidor com as novas tarifas será de 13,94%. Os consumidores de baixa tensão terão 14,94% de reajuste, e os consumidores de alta tensão, 11,76%.

Os percentuais aprovados de reajuste da distribuidora levam em conta, dentre outros fatores, a variação do IGP-M, índice previsto no contrato de concessão para mensurar a inflação no período, o aumento do custo dos Encargos de Serviços do Sistema (ESS) e, a maior parte, refere-se aos gastos que as distribuidoras tiveram com compra de energia, em especial a elevação do custo variável em função do aumento da geração térmica.

O Reajuste Tarifário Anual visa restabelecer o equilíbrio econômico financeiro da concessão, repassando os ajustes de custos não gerenciáveis pela distribuidora – energia comprada, encargos setoriais e tributos dentre outros – e corrigindo pelo IGP-M da Fundação Getúlio Vargas, os custos inerentes ao negócio de distribuição de energia. Sobre essa parcela gerenciável pela distribuidora incide um redutor que repassa aos consumidores os ganhos de produtividade auferidos no período.

A nova tarifa entra em vigor dia 10 de maio para as 166 mil unidades consumidoras dos 27 municípios atendidos pela Vale Paranapanema.

#MAIS LIDAS DA SEMANA