Comerciantes defendem volta de mão dupla em trecho da avenida

Na reunião que mantiveram com Binato, os comerciantes passaram um quadro nada favorável e desolador.

Na reunião que mantiveram com Binato, os comerciantes passaram um quadro nada favorável e desolador (Foto: Lucio Coelho)

Comerciantes com estabelecimentos instalados no trecho entre a rua Sebastião da Silva Leite com a avenida Otto Ribeiro, nas imediações do HD Plaza Hotel, solicitaram e foram recebidos pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Assis (Acia), João Antônio Binato, pedindo a intervenção da diretoria da entidade junto à administração pública municipal para que haja mudança viária nestes quarteirões já que alegam estar sofrendo graves prejuízos. Os comerciantes querem o retorno da mão dupla de direção neste trecho.

Em documento da Prefeitura, assinado pelo diretor do Departamento Municipal de Trânsito de Assis (DMTA), a administração demonstra não estar inclinada a promover estas mudanças solicitadas pelos comerciantes porque alteraria todo o modelo viário implantado na cidade.

O presidente da Acia pediu aos comerciantes que elaborem um documento onde conste o número de empresas instaladas nesta área da Rui Barbosa, para que possa solicitar uma audiência ao prefeito Ricardo Pinheiro (PSDB) no sentido de estudar e atender as reivindicações destes empreendedores. Os comerciantes afirmaram que vão elaborar este documento com o número de empresas existentes neste trecho da avenida e vão entregar ao presidente da entidade o mais rápido possível.

Na reunião que mantiveram com Binato, os comerciantes passaram um quadro nada favorável e desolador. De acordo com estes empreendedores, o movimento em suas lojas e estabelecimentos comerciais experimenta uma queda acentuada após as mudanças viárias implantadas pela Prefeitura Municipal. De acordo com estes comerciantes, estão instaladas neste trecho aproximadamente 40 empresas.

Os comerciantes querem o retorno da mão dupla de direção neste trecho (Foto: Lucio Coelho)

De acordo com os comerciantes, no início deste ano mantiveram uma reunião com o prefeito e o vereador Paulo Mattioli Júnior (PSC) quando entregaram um abaixo-assinado ao próprio prefeito Ricardo Pinheiro. Entretanto, até o momento não receberam qualquer resposta a respeito desta reivindicação.

A situação, de acordo com os empreendedores, é a pior possível. Segundo eles, vários funcionários foram dispensados de seus estabelecimentos em função da queda no movimento. Eles disseram que estão agindo dessa forma por instinto de sobrevivência, pois, em caso contrário, correm o risco de fecharem seus negócios.

Entretanto, vários deles lembraram que algumas empresas já estão ameaçando encerrar suas atividades em função da situação crítica que estão vivendo. “O movimento caiu mais de 50%. Temos lojas há mais de 35 anos e nunca passamos por esta situação. A situação é desesperadora”, disseram os comerciantes.

Diante da situação, os empreendedores pedem a intervenção da diretoria da Acia no sentido de ajudá-los a convencer ao prefeito a promover esta alteração viária na Rui Barbosa sob pena de seus negócios ficarem inviabilizados.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA