Marília integra programa federal de combate ao crack

Cidade receberá investimentos do “Programa Crack é Possível Vencer”. Município receberá unidade móvel para identificação de locais de tráfico.

Programa tem o objetivo de combater o uso do
crack (Foto: Rede Globo)

Marília e mais 14 municípios com população acima de 200 mil habitantes passaram a integrar o “Programa Crack é Possível Vencer”, em uma parceria com o governo do Estado.  Por meio do programa, serão investidos R$ 49 milhões para a compra de 70 unidades móveis para capitais e cidades participantes em todo o Brasil. Inicialmente, serão atendidos os municípios que estatisticamente tiverem ocorrências mais graves com a dependência química.

As bases são veículos equipados com câmeras telescópicas, que permitem vasculhar até dois quilômetros de distância e computadores e que podem ser usados em ações de observação e investigação, em uma integração com a Polícia Militar ou Civil.  As unidades serão utilizadas na identificação da origem do tráfico. Já o contato com os usuários será feito por agentes sociais e da saúde.

De acordo com a prefeitura, o equipamento permite gravar imagens, identificar os pontos onde ocorre a compra e venda e quais pessoas abastecem a comunidade. Isso permite à guarda que, em conjunto com o setor de inteligência, criar estratégias de enfrentamento ao traficante, evitando o abastecimento.

Além das bases móveis, fazem parte desse pacote armas de menor potencial ofensivo, motos e carros que deverão ser entregue em junho deste ano. Os governos Federal e Estadual prometem um investimento de R$ 4 bilhões para aumentar a oferta de tratamento de saúde aos usuários de drogas, além da ampliação de atividades de prevenção à dependência química.

#MAIS LIDAS DA SEMANA