Após expectativa, Poupatempo virá para Assis

Cerca de 400 mil pessoas serão beneficiadas em 24 municípios no entorno da unidade

Durante a solenidade, Alckmin assinou a autorização para a instalação da unidade do Poupa-Tempo em Assis (Foto: AssisNews)

Durante visita a cidade de Assis, o governador Geraldo Alckmin anunciou a chegada do Poupatempo no município. Com os novos postos, cerca de 40 mil pessoas serão beneficiadas, em 24 municípios no entorno da unidade.

A escolha dos locais de implantação foi feita por meio de um estudo que levou em conta a demanda e o deslocamento necessário a outros postos já existentes – atualmente são 32 em todo o estado.

“O Poupatempo é o maior programa de atendimento ao cidadão do Brasil e tem 99% de aprovação popular. Ao levarmos a Assis, contemplamos um desejo de aproximar cada vez mais os serviços públicos de qualidade dos cidadãos paulistas de todas as regiões”, ressalta o secretário-adjunto de Gestão Pública, Rogério Barreto.

Serviços
A unidade do Poupatempo de Assis será de médio porte, e terá até 800m² de área e capacidade que pode chegar a mil atendimentos por dia. Contam com mesas para atendimento, retirada de documentos, triagem, sala médica, sala de funcionários, entre outros.

Cerca de 30 funcionários estarão à disposição para prestar serviços do Ciretran/Detran.SP; principal parceiro do programa, com serviços ligados à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) – como emissão, transferência, licenciamento e outras orientações relacionadas ao trânsito.

Os usuários poderão contar ainda com o IIRGD (Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt), responsável pela emissão da Carteira de Identidade (RG) e Atestado de Antecedentes Criminais, e com a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, na emissão da Carteira de Trabalho.

Governador Geraldo Alckmin e o Prefeito de Assis, Ricardo Pinheiro (Foto: AssisNews)

Serviços eletrônicos, como a Nota Fiscal Paulista, B.O Eletrônico e consultas à Secretaria da Fazenda podem ser feitos pelo E-Poupatempo. E a unidade bancária no local facilita o cidadão no recolhimento das taxas geradas pelo posto.

O investimento em Assis, no primeiro ano, é de aproximadamente R$ 2 milhões, sendo R$ 850 mil de implantação e R$ 1,2 milhão de custeio anual. O início das obras depende da aprovação do local disponibilizado pela prefeitura.

#MAIS LIDAS DA SEMANA