4º Festival MúsicAssis da FAC começa hoje

O objetivo do festival de música é valorizar artistas, profissionais e estudantes de música

O 4º MúsicAssis é um festival de inverno de música promovido pela FAC

Tem início hoje o 4º MúsicAssis, festival de inverno de música promovido pela FAC (Fundação Assisense de Cultura) com apresentações e oficinas musicais oferecidas gratuitamente à população assisense. De acordo com a direção executiva da Fundação, o objetivo do projeto é valorizar artistas, profissionais e estudantes contemplando os mais variados instrumentos, estilos e ritmos.

A abertura do 4º MúsicAssis será logo mais, às 20h30, com o show de “Ed Vocat & Blues Rock de Velho”, no Teatro Municipal. Com nove anos de estrada e apresentações totalmente autorais, o grupo é responsável por um agilíssimo rock-blues com letras refinadas e irreverentes.

A programação conta, ainda, com apresentações de “Vivi Paccini & Banda” amanhã, dia 11; “Projeto Funskenstein” na sexta-feira, dia 12; “Quinteto Casa da Linha”, no sábado (13); e encerrando o festival, no domingo (14), a apresentação conjunta de André Melo, Luciano Queiroz, “Catedral do Samba”, “Banda Rold”s” e “Prelúdio Acústico”.

As oficinas musicais acontecerão de sexta a domingo, 12 a 14 de julho, no Teatro Municipal, das 9h às 11h30 e das 14h30 às 17h. As inscrições podem ser feitas pela internet no endereço [email protected], ou na recepção do Teatro Municipal.

Para participar das aulas, os interessados devem ter 12 anos ou mais e possuírem iniciação musical. As oficinas são gratuitas e haverá certificado.

Shows
De 10 a 14 de julho, às 20h30, no Teatro Municipal:

Ed Vocat & Blues Rock de Velho
Com dois CDs gravados de forma independente e um terceiro já em produção e participação na Virada Cultural Paulista 2010, o grupo possui significativo número de apresentações em diversos festivais e bares temáticos, incluindo os Projetos Culturais de Unidades SESI (Marília e Ourinhos). Integrantes: Juliano Carbonieri (bateria), Walter Campos (contrabaixo e vocais), Rogério Dziedzick (teclado e vocais) e Edio Manfio (Ed Vocat) nas guitarras e vocal.
Vivi Paccini & Banda
A banda nasceu de boas rodas de amigos, onde Vivi Paccini compartilhava suas composições cheias de brasilidade. A roda foi se ampliando e o grupo, formado pelos assisenses Gustavo Tonia, Paulo Constantino e Gilmar Dalla Pola, além da cantora e compositora, apresenta canções próprias de seu CD independente “Música em mim” e de outros grandes nomes da Música Popular Brasileira. No ano passado, a banda ficou entre os dez finalistas do 38º Festival Nacional MPB, de Ilha Solteira, e este ano, já está classificada para participar do Festival Nacional da Canção, considerado o maior festival de música do Brasil.
Projeto Funkenstein
Banda assisense de funk/soul, cuja proposta é levar o melhor da Black Music dos anos 70 e 80. Energia, vibração e muito suingue marcam as apresentações do grupo. Integrantes: Juliano Boretti (guitarra e backing vocal), Marcus Gil (contrabaixo), Randal Ortiz (saxofone), Rafael Campos (trompete), Rodrigo Bamboo (bateria) e Miriam Magno (vocal).
Quinteto Casa da Linha
O grupo surgiu quando cinco alunos da Escola de Música de Ourinhos, em 2008, começaram a compor o grupo repertório de MPB e JAZZ com os professores Jairo Cavalcanti e Fernando Nogueira. O nome é inspirado pela casa do Maestro Wilson Roberto (Wilsinho), por onde muitos músicos passaram e, por se localizar ao lado da linha de trem, todos a conheciam por “Casa da Linha”.  No repertório contém composições próprias, Standards de Jazz e Música Brasileira, com muita ênfase na improvisação. É formado por Bruno Passos (Trompete e flugel Horn), Isaac Felix (Saxofone e Clarinete), Guilherme Camargo (Guitarra), Jackson Silva (Baixo Elétrico) e Régis Cardoso (Bateria) e participação especial de Jairo Cavalcanti (Guitarra).
André Melo, Luciano Queiroz, Catedral do Samba, Banda Rold’s e Prelúdio Acústico
Para o fechamento do festival, a organização preparou esta apresentação que promoverá um Grande Encontro de artistas locais de estilos diversos e repertório abrangente: canções próprias, bossa nova, MPB, moda de viola, música regional, chorinho, samba, pop/rock, latino-americano e música clássica. São gerações de artistas assisenses que se responsabilizarão pelo “Fechamento de Ouro” do festival.

Oficinas
De 12 a 14 de julho, das 9h às 11h30 e das 14h30 às 17h, no Teatro Municipal:

VIOLÃO………………………………………….Nelson Bernardes
GUITARRA……………………………………..Jairo Cavalcanti
CONTRABAIXO………………………………Jackson Silva
BATERIA………………………………………..Elcinho
PERCUSSÃO…………………………………….Tico Proença
SAXOFONE………………………………………Ivaldo Flores
TROMPETE……………………………………..Bruno Passos
TÉCNICA VOCAL…………………………….Kelly Carvalho
TECLADO E ACORDEÃO………………….Rogério Geraldo

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA