Sindicato de Cândido Mota Rural encerra cursos de agosto com êxito

Ao menos 70 participantes receberam instruções teóricas e práticas durante o período das aulas totalmente gratuitas.

Ao menos 70 participantes receberam instruções teóricas e práticas durante o período das aulas totalmente gratuitas.

Quatro cursos promovidos este mês pelo Sindicato Rural de Cândido Mota em parceria com o Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural foram encerrados com êxito. Ao menos 70 participantes receberam instruções teóricas e práticas durante o período das aulas totalmente gratuitas.

Foram realizados os cursos de Equideocultura – Casqueamento e Ferrageamento com o instrutor Luis Celso Cuba Dias que ensinou técnicas corretas baseadas na avaliação de aprumos do animal. Foram conteúdos sobre conhecimento de ferramentas e peças anatômicas; identificação das partes que compõem o casco; regiões zootécnicas; contenção animal; segurança no trabalho e saúde, conforto do animal; limpeza dos cascos, etc.

O curso sobre Laranja – Inspeção de Pragas e Doenças foi ministrado por José Gilmar Franco no Colégio Agrícola e teve aulas sobre as principais pragas e inimigos naturais, principais doenças, deficiência nutricional, manejo integrado de pragas, inspeção de pomares, prevenção de acidentes de trabalho e proteção ambiental.

Já o curso de Jardineiro – Condução, Manutenção e Reforma foi realizado nas dependências da escola José Santos de Almeida (Grupinho) pela instrutora Renata Sampaio Bassi que explicou técnicas de introdução do jardim, tipos de projetos, características da área, a localização, clima, solo, vegetação típica da região, instruções de plantio e manutenção, dentre outras.

E por último, o curso de Olericultura Básica – Cultivo em Ambiente Protegido, no Colégio Agrícola, também pela instrutora Renata Sampaio Bassi. Os participantes tiveram aulas sobre o cultivo de hortaliças em estufas. Reconhecido como uma alternativa agrícola que permite o aumento da produção, da produtividade e da qualidade dos produtos, tendo em vista o elevado grau de emprego das modernas técnicas de cultivo.

Para o presidente do Sindicato Rural de Cândido Mota e coordenador do Senar, João Motta, é de suma importância a capacitação de mão de obra para que os trabalhadores obtenham melhores resultados em suas atividades profissionais. “O objetivo destes cursos oferecidos pelo Senar é possibilitar a profissionalização do trabalhador rural e com isso haverá melhores condições de serviço e bons resultados, proporcionando benefícios ao homem do campo”, finaliza.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA