Bancários continuam mobilizados no sétimo dia de movimento

Em Assis e região, mais de quarenta agências estão fechadas e a tendência é que mais unidades devam aderir ao movimento grevista.

Na região de Assis, mais de 40 agências estão fechadas

Depois de encerrar a semana passada com mais de sete mil locais de trabalho paralisados em todo o país, a greve dos bancários chega, nesta quarta-feira, 25, ao seu sétimo dia ganhando novas adesões na base da FETEC-CUT/SP. Em Assis e região, mais de quarenta agências que pertencem a base territorial do Sindicato dos Bancários estão fechadas e a tendência é que mais unidades devam aderir ao movimento grevista.

Na terça-feira houve uma grande passeata na Avenida Paulista, na capital paulista. Foram realizadas assembléias para a definição do rumo do movimento. O Comando Nacional soltou uma nota na segunda-feira reiterando o motivo da greve que não é apenas pelo reajuste salarial digno, mas contra o abuso dos bancos.

Filas intermináveis pela falta de contratação de funcionários, metas abusivas que adoecem os bancários, enquanto os banqueiros lucram bilhões por ano. “Estes são alguns dos motivos pelos quais estamos em luta. Mais bancários estão cruzando os braços e esperamos contar com a compreensão e apoio da sociedade para a causa do movimento. Até agora a Fenaban não se manifestou. E a greve continua por tempo indeterminado, até que haja uma negociação decente”, apela o presidente do Sindicato, Helio Paiva Matos.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA