Proposta da Fenaban decepciona bancários que fazem assembléia nesta quinta

A Fenaban não propôs nada sobre a assistência para as vítimas de assaltos e que essa seria a proposta final.

Presidente do Sindicato dos Bancários de Assis e Região, Helio Paiva Matos

A proposta abaixo da inflação aos salários, apresentada pela Fenaban, na semana passada em mais uma rodada de negociação, decepcionou os bancários. Nesta quinta-feira, 12 de setembro, haverá assembléias em todo território nacional para a rejeição da proposta e greve por tempo indeterminado a partir do dia 19.

Em sua proposta global, a Fenaban também não trouxe avanços para os problemas que adoecem os bancários, todos oriundos da busca incessante por resultados, com cumprimento de metas abusivas e a conseqüente sobrecarga de trabalho. Também não foi proposto nada sobre a assistência para as vítimas de assaltos e que essa seria a proposta final.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Assis e Região, Helio Paiva Matos, afirma que não irão aceitar este tipo de negociação e que a assembléia desta quinta-feira deve rejeitar tal proposta rebaixada. “É um verdadeiro absurdo. Pretendemos sensibilizar toda a sociedade para a nossa campanha que defende condições de trabalho digno aos bancários, que tanto sofrem na mão de banqueiros cada vez mais milionários”, desabafa.

#MAIS LIDAS DA SEMANA