Região de Assis tem 120 vagas para cursos com início em Outubro

As inscrições podem ser realizadas até o final de setembro no site do programa. Os cursos são disponibilizados pelo Via Rápida Emprego.

Os cursos são disponibilizados pelo Via Rápida Emprego.

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de São Paulo vai capacitar, entre os dias 15 e 31 de outubro, mais de 120 pessoas na região de Assis para atuação em diversas áreas. A iniciativa é parte do programa Via Rápida Emprego, que oferece qualificação profissional gratuita aos cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou abrir o próprio negócio.

Em Maracaí, Nantes e Paraguaçu Paulista, há 120 vagas distribuídas em três opções de estudos. Todas com início na segunda quinzena de outubro. Confira:

MUNICÍPIO Curso

Total de Vagas

Data de início Prevista

Maracaí Informática

30

16/10/2013

Nantes Processos de Açúcar e Álcool

30

16/10/2013

Paraguaçu Paulista Processos de Açúcar e Álcool

30

16/10/2013

Pedrinhas Paulista Assistente Administrativo

30

16/10/2013

O secretário da SDECT, Rodrigo Garcia, explica que a ação facilita a inserção de profissionais no mercado de trab alho e supre as demandas dos setores que necessitam de mão de obra qualificada. “Há dois anos, o Via Rápida tem preparado trabalhadores para diversas funções. Além de contribuir com a geração de emprego e renda, a iniciativa também tem fortalecido o desenvolvimento econômico dos municípios paulistas”, diz.

Como participar
As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site www.viarapida.sp.gov.br. Os documentos necessários são RG e CPF. Para consultar as oportunidades, o candidato deverá digitar na barra de busca o nome da cidade. Ao clicar no curso desejado, ele terá acesso à descrição, objetivos e escolaridade exigida. Quem não possui acesso à internet, pode procurar os postos do Acessa São Paulo, programa da Secretaria de Gestão Pública do Estado de SP, que conta com profissionais capacitados a oferecer instruções para o preenchimento do cadastro.

Bolsa-auxílio
Durante o curso, os candidatos selecionados receberão material didático e auxílio financeiro de R$ 100,00 para alimentação e de R$ 150,00 para o transporte.Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210,00. A seleção é feita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), que considera critérios de idade, escolaridade e renda familiar dos inscritos. Desempregados e mulheres arrimo de família têm prioridade.

#MAIS LIDAS DA SEMANA