Unesp obtém destaque em prêmio de promoção e proteção à Saúde

Grupo da Unesp de Assis ficou em segundo lugar no 1º Prêmio Prevenir de Promoção e Proteção à Saúde. O evento foi promovido pelo Iamspe.

Cartaz do VI Seminário Temático Estadual de Promoção e Proteção à Saúde do Servidor

As servidoras Edna Maria Kill, Lindomar Fátima Costa da Silva Poletto e Renata Cristina Coelho de Oliveira Silva, da Unesp de Assis, foram foram premiadas com o 2º Lugar no 1º Prêmio Prevenir de Promoção e Proteção à Saúde.

O evento é promovido pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), autarquia vinculada à Secretaria de Estado da Gestão Pública. A premiação buscou valorizar iniciativas de servidores estaduais de todos os órgãos do governo paulista na área de promoção da saúde.

O objetivo foi reconhecer práticas e projetos inovadores que melhorem a qualidade de vida dos servidores públicos estaduais.

O prêmio foi criado pelo Centro de Promoção e Proteção à Saúde do Iamspe (Programa Prevenir).

Para concorrer, o projeto devia estar em prática há pelo menos dois meses da data limite da inscrição, apresentar resultados mensuráveis e permitir sua replicação em outras unidades da administração estadual.

Uma comissão julgadora escolheu os 10 melhores projetos apresentados em banners durante o VI Seminário Temático Estadual de Promoção e Proteção à Saúde do Servidor, no dia 25 de setembro de 2013. No mesmo seminário, foram premiados os três primeiros colocados entre os 10 projetos selecionados.

“A prevenção e promoção da saúde é fundamental para evitar o desenvolvimento de doenças. Por isso esta premiação foi criada, para estimular os servidores de todo o Estado a manter hábitos saudáveis, reconhecendo iniciativas nesse sentido implantadas nos diferentes órgãos da administração estadual”, afirma Latif Abrão Junior, superintendente do Iamspe.

Os critérios de avaliação do 1º Prêmio Prevenir foram Inovação e Relevância (Nova aplicação/contribuição ao conhecimento existente); Replicabilidade (Capacidade de converter o conhecimento gerado em conhecimento acessível para multiplicá-lo em outras pastas); Originalidade (Prática ou atividade nunca antes desenvolvida no âmbito da administração estadual); Impacto sobre a população (Gerar consequências efetivas para o público beneficiário (o servidor público); e Metodologia (Método utilizado para desenvolvimento e execução do projeto).

Programa Prevenir
Iniciado em 1998, o Programa Prevenir é pioneiro no desenvolvimento de ações personalizadas de prevenção e promoção de saúde para servidores públicos estaduais no ambiente de trabalho.

O programa conta com 17 coordenadores nos Centros de Assistência Médico-Ambulatorial (Ceamas) e com mais de 250 coordenadores e interlocutores nas sedes e nas regionais das Secretarias de Estado. O Tribunal de Justiça e a Assembleia Legislativa também participam do Prevenir.

Em 2008, o programa ganhou status de Departamento, sendo então criado o Centro de Promoção e Proteção à Saúde do Iamspe, com ampliação de sua atuação para todos os usuários do Instituto.

Iamspe
O Iamspe tem hoje uma das maiores redes de saúde para funcionários públicos do país e atende 10% da população idosa do Estado de São Paulo.

Além do Hospital do Servidor Público Estadual, na capital paulista, possui 17 postos de atendimento próprios no interior, os Ceamas (Centros de Assistência Médico-Ambulatorial), e disponibiliza assistência em 100 hospitais e 100 laboratórios de análises clínicas e de imagem credenciados pela instituição, além de 3.000 médicos em 200 cidades paulistas, beneficiando 1,3 milhão de pessoas em todo o Estado.

#MAIS LIDAS DA SEMANA