CIVAP divulga resultados do concurso do SAMU

O Concurso teve início em Outubro deste ano e ofereceu 69 vagas. O SAMU Região Assis será gerenciado pelo Civap e atenderá 12 municípios.

O SAMU Região Assis será gerenciado pelo Civap e atenderá 12 municípios.

Nesta sexta-feira, dia 13, o Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema – Civap divulgou o resultado do Concurso Público Nº 001/2013 do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

O Concurso teve início em Outubro deste ano e ofereceu 69 vagas, dentre os 10 cargos previstos: médico regulador, médico intervencionista, enfermeiro, técnico em enfermagem, condutor de veículo de urgência, auxiliar administrativo, ajudante de serviço, telefonista auxiliar de regulação médica, farmacêutico e radioperador.

O SAMU Região Assis será gerenciado pelo Civap e atenderá os municípios Assis, Borá, Cândido Mota, Cruzália, Florínea, Lutécia, Maracaí, Palmital, Paraguaçu Paulista, Platina, Pedrinhas Paulista e Tarumã; por meio da base central, localizada no município de Assis, e bases avançadas nas cidades de Tarumã, Palmital e Paraguaçu Paulista.

O Edital nº 10/2013, que divulga o Resultado Final do Concurso e os demais Editais estão disponíveis no site do Consórcio, www.civap.com.br.

Serviço de Atendimento Móvel às Urgências -  SAMU
Ao discar o número 192, o cidadão estará ligando para uma central de regulação que conta com profissionais de saúde e médicos treinados para dar orientações de primeiros socorros por telefone. São estes profissionais que definem o tipo de atendimento, ambulância e equipe adequados a cada caso. Há situações em que basta uma orientação por telefone. O SAMU atende pacientes na residência, no local de trabalho, na via pública, ou seja, através do telefone 192 o atendimento chega ao usuário onde este estiver.

A equipe presta atendimento no menor tempo possível já no local, ainda fora do ambiente hospitalar, salvando vidas e diminuindo sequelas. O programa oferece o direcionamento para o serviço mais próximo e adequado, assim a equipe que está na ambulância ganha tempo (diminui o tempo/resposta), o que é crucial em emergências.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA