Jovem morre após levar choque em chapinha de alisar cabelo, diz perícia

Corpo de manicure de 22 anos foi encontrado dentro de casa, em Goiânia. Ela ainda segurava o equipamento, que estava ligado na tomada.

Kariny Matias Pires, de 22 anos foi encontrada por vizinhos, no chão da casa (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Uma manicure de 22 anos morreu após levar um choque em uma chapinha para alisar cabelo, em Goiânia, segundo a perícia. Kariny Matias Pires, de 22 anos foi encontrada por vizinhos, no chão da casa onde morava, com o equipamento na mão, na tarde de quarta-feira (25).

O perito Geraldo Pereira Armondes esteve na casa, no Setor Cidade Jardim, e constatou que a vítima levou uma descarga elétrica de 220 volts, provavelmente porque o botão de liga e desliga estava sem a capa de proteção. O aparelho foi encontrado ligado. “Com certeza ela levou um choque elétrico, porque continuou o contato do dedo com um fio desencapado do instrumento”, explicou.

Proprietário do imóvel, o pastor Zacarias Alves disse que a manicure mudou-se para a casa dos fundos há menos de um mês, com a mãe e a filha de 7 anos. No entanto, ela estava sozinha quando foi encontrada.

“Meu neto mora no fundo também, e do barracão dele viu ela caída, porque a porta estava aberta. Ele ligou para a polícia na hora”, relatou o pastor.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Manicure morre após levar choque em chapinha de cabelo, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

#MAIS LIDAS DA SEMANA