Polícia procura quadrilha de estelionatários em Assis

Criminosos sacam benefícios da previdência com documentos falsificados. Delegado acredita que o grupo ainda esteja agindo na cidade.

A Polícia está a procura de uma quadrilha de estelionatários em Assis (SP). No golpe, os criminosos falsificam documentos para receber aposentadorias da Previdência Social. Uma pessoa já foi presa.

Entre os casos está o da dona de casa Marceli Berthole. Ela ficou viúva em dezembro e, na semana passada, recebeu uma carta do INSS comunicando que receberia a primeira parcela da pensão do marido.

No entanto, no dia em que foi ao banco sacar o dinheiro, ela constatou que o benefício de R$ 1.472 já havia sido retirado. “Fiquei muito nervosa porque preciso desse dinheiro”, lembra a dona de casa.

Conforme as investigações, uma foto identificou quem se passou pela dona de casa e sacou o dinheiro na boca do caixa. A suspeita entregou um RG falsificado. O nome, o número e quase todos os dados são idênticos ao da beneficiária. Entretanto, o documento falsificado traz uma assinatura, e Marceli é analfabeta. A vítima registrou um boletim de ocorrência por estelionato e a polícia procura a autora do crime. O banco informou que irá devolver o salário para Marceli.

Em menos de um mês, três casos idênticos ao de Marceli foram registrados em Assis. Em apenas um deles o criminoso foi preso. Em dezembro, um homem tentou sacar um benefício de mais de R$ 40 mil usando documentos falsos na mesma agência bancária em Assis.

Funcionários desconfiaram que poderia se tratar de um crime, chamaram a polícia e o estelionatário foi preso. Ainda assim, o delegado seccional de Assis acredita que a quadrilha ainda está agindo na região. “Ela não vai praticar um crime desse uma vez só contra apenas uma pessoa. Esta ação é feita por quadrilhas que possuem vários cadastros em vários locais do país e praticam vários golpes”, ressalta o delegado Newton Calasans.

Criminosos sacam benefícios da previdências com documentos falsificados (Foto: Reprodução/TV TEM)

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA