Sindicato dos Bancários continua recebendo adesões à ação coletiva de correção do FGTS

O STJ – Superior Tribunal de Justiça, em uma decisão recente, mandou suspender todos os processos que estão na justiça.

Sindicato dos Bancários continua recebendo adesões à ação coletiva de correção do FGTS (Foto: Assessoria)

O Sindicato dos Bancários de Assis ajuizou uma ação coletiva na Justiça Especial Federal em janeiro de 2014, com objetivo de corrigir o saldo do FGTS a partir de 1991 pelo índice de inflação (INPC ou IPCA), já que a correção vem sendo feita pela TR, o que causa uma defasagem superior a 80% no saldo do fundo. Lembrando que já tem sentença em 1ª instância favorável a correção em São Paulo (SP), Foz do Iguaçu (PR), Curitiba (PR), Pouso Alegre (MG) e Campo Grande (MS).

O STJ – Superior Tribunal de Justiça, em uma decisão recente, mandou suspender todos os processos que estão na justiça. O tema será analisado como recurso repetitivo e deverá ser seguido por todos os juízes do país. O Sindicato orienta todos os bancários da ativa e aposentados dos bancos: Banco do Brasil, Caixa e Banespa a procurarem a entidade sindical para formalizar sua inclusão na referida ação coletiva.

De acordo com o diretor do Sindicato, Silvio Roberto de Freitas, em função do grande número de ações ajuizadas e várias sentenças favoráveis em primeira instância, o STJ já se manifestou no sentido de dar uma solução para  a questão. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (18) 3322-5376 ou na Rua 24 de maio, 238.

#MAIS LIDAS DA SEMANA