Vereador cobra providencias urgentes na escola Lucas Thomaz Menk

Para vereador Alexandre a falta de papel higiênico, material escolar e estrutura precária das escolas precisam ser priorizados pela secretária de educação.

Vereador Alexandre pede providencias urgentes na escola Lucas Thomaz Menk (Foto: Assessoria)

Na segunda-feira (10), o vereador Alexandre Cachorrão (PSD) Presidente da Comissão da Juventude, Idosos e Pessoas com Deficiência, esteve na escola Lucas Thomaz Menk para averiguar denúncias trazidas por pais, de que o prédio está em situação precária e colocando em risco a integridade física dos alunos.

Lousas da escola também estão deterioradas (Foto: Assessoria)

Acompanhado pela diretora, Alexandre constatou a situação caótica que se encontra aquela escola, chove dentro de todas as classes e algumas até com crateras no forro, janelas quebradas, paredes cedendo, rachaduras por todos os lados, lousas sem condições de escrever, falta de iluminação pois as maritacas comeram a fiação, a sala de computação desativada e os computadores estão amontoados no depósito, ventiladores não funcionam, entre outros.

Todos estes problemas além de prejudicar e desvalorizar o ensino, estão colocando em risco a vidas dos professores, funcionários e das 664 crianças que tentam estudar naquela escola e estão deixando os pais extremamente preocupados.

Na sessão desta segunda, o vereador questionou a Secretária de Educação sobre esta situação e quando será providenciada a reforma. Foi respondido, que está programado um recurso de 500 mil reais e ainda este ano as reformas serão efetuadas, palavras da secretária.

Outro questionamento feito, foi a falta de material escolar e “papel higiênico” nas escolas denunciado por vários pais. A secretária confirmou a veracidade da denuncia e disse que a culpa seria do departamento de licitação que centralizou as compras e afirmou que estará pedindo prioridades para adquirir estes suprimentos.

Estes problemas não são de agora, mais o mínimo de condição deve ser providenciado como papel higiênico, ventiladores e reparos estruturais para dar um mínimo de condição de estudo. A secretaria demonstrou interesse e acredito que dará atenção a estas questões o mais breve possível, finaliza Alexandre.

Janelas com vidros quebrados colocam em risco a integridade dos alunos (Foto: Assessoria)
Além das paredes com rachaduras, o forro do teto está completamente destruído (Foto: Assessoria)
Além das paredes com rachaduras, o forro do teto está completamente destruído (Foto: Assessoria)

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA