‘Era como um filho’, diz amigo de ‘salva-vidas’ pisoteado por touro

Cleverson Adão Martins completou 28 anos no dia do acidente.
Ele trabalhada na festa do peão em Alvinlândia (SP).

Imagens mostram outra apresentação de ‘Neguinho’ após montaria (Foto: Divulgação internet/Marrero)

O corpo de Cleverson Adão, que trabalhava como “salva-vidas” em rodeio e morreu ao ser pisoteado por um touro na festa do peão na noite de sexta-feira (8), em Alvinlândia (SP), foi enterrado domingo (10), em Assis. Um dos amigos que trabalhava com ele era o mais abalado com a morte. “Pra mim no Brasil não tinha igual a ele. Não era o melhor, era diferente dos outros. Não vai existir um salva-vidas para fazer o que ele fazia. Tenho ele como um filho meu”, diz David Evaristo.

As arquibancadas do evento estavam lotadas de espectadores para acompanhar as montarias. Cleverson, mais conhecido por “Neguinho”, estava completando 28 anos e trabalhava como “salva-vidas” desde os 16 anos.

O acidente ocorreu depois que um dos peões do rodeio ter caído do touro. Cleverson foi desviar a atenção do animal quando foi atingido. “O salva-vidas passou na frente correndo para tirar o foco do peão. Só que no que ele passou, tomou uma cabeçada do boi, que estava rodando. Do jeito que ele caiu, a pata traseira do touro atingiu meio que no peito, na garganta dele. Apagou na hora”, lembra o cinegrafista Giovani Lopes.

Saiba Mais
Salva-vidas de Assis perde a vida na arena de Alvinlândia

Imagens postadas na internet mostram que Cleverson era um “salva-vidas” corajoso e não se intimidava com os touros. Ao contrário dos peões que participam da competição de montar os animais, os “salva-vidas” não costumam usar um colete de proteção.

A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital. O corpo foi velado em Assis,onde ele morava com a família. Cleverson tinha um filho de 3 anos. A mulher dele preferiu não dar entrevista.’Neguinho’ também atuava como palhaço do rodeio e era o responsável por agitar o público nas arquibancadas.

Arena onde Cleverson se apresentava na noite de sexta-feira (Foto: Reprodução/TV TEM)

#MAIS LIDAS DA SEMANA