Livro de professor da Unesp de Assis é referência internacional

O livro é baseado na tese de doutoramento “Introdução ao estudo das perífrases verbais do infinitivo” do professor João de Almeida.

Livro de professor da Unesp de Assis é referência internacional

A tese de doutoramento “Introdução ao estudo das perífrases verbais do infinitivo” (ILHPA-HUCITEC, 1978), de João de Almeida, professor da Unesp de Assis, defendida em 1974, recentemente tem servido de base para novos estudos e pesquisas internacionais.

O estudo, fruto de intensa pesquisa na área de Linguística, resultou  em publicação de livro, com o mesmo título, em 1980. Além de diversas resenhas, a obra serviu como suporte a outros pesquisadores, como Juanna Drzazgowska, professora do Instituto de Filologia Românica da Universidade de Gdanks, Polônia, que estudou o tema realizando uma comparação entre o português e o polonês, em doutorado realizado em 2010.

Juanna considera a pesquisa de Almeida o trabalho mis contributivo ás perífrases vebais da língua portuguesa, sendo uma influência em seu trabalho sobre as construções perifrásicas portuguesas e sua tradução para o polonês.

Almeida publicou ainda o livro “Textos em análise” (Scortecci Editora, 2001), com foco é o aluno, principalmente a interpretação de textos. Tem o propósito de ligar teoria à prática e abrir horizontes ao estudioso da língua portuguesa, no que concerne aos valores e aos questionamentos que o bom texto literário lhe coloca, denotativa e conotativamente.

Outra obra é “Inquietações de Assis” (Editora Athos, 2000), que retrata o cotidiano da vida do interior. A centenária Assis é homenageada neste livro dentro de aspectos muito peculiares. Alguns personagens característicos, eventos emocionantes e seus aspectos políticos e sociais aparecem em artigos publicados pelo autor em jornais locais desde 1975.  O destaque particular, ao ensino e ao professorado, representa a íntima relação do autor com esta cidade de efetiva tradição universitária.

Sobre João de Almeida
João de Almeida nasceu em São Paulo, em 1929. Formou-se em Letras Clássicas, pela USP. Casou-se, em 1961, com a Profa. Mary Demarco, ex-colega da Universidade e do Citibank, de quem houve três filhos: Luís Roberto, Denise e Luciana.

Vive desde 1962 em Assis, onde desenvolveu a sua carreira como professor universitário de Língua Portuguesa da Unesp, de que foi também Diretor, entre 1975 e 1979. Como docente ministrou, além dos cursos regulares, mais de 30 cursos especializados, desde 1967, inclusive em Pós-Graduação (mestrado e doutorado) e em Extensão Universitária.

Publicou cerca de 70 artigos, a maioria deles em sua área de especialidade. Foi bolsista da Fundação Calouste, de Lisboa em 1969; membro-fundador do Instituto de Estudos Vernáculos Antônio Soares Amora, da UNESP-Assis, e presidente do G.E.L. – Grupo de Estudos Lingüísticos do Estado de São Paulo. É autor de “Introdução ao estudo das perífrases verbais de infinitivo” (S. Paulo, Hucitec, 1980), de “Inquietações de Assis (S. Paulo, Athos, 1990) e de inúmeros artigos esparsos, publicados em revistas da sua especialidade, em destaque na revista de Letras e na Alfa da Unesp, e na Uniletras, da Universidade Estadual de Ponta Grossa/PR.

#MAIS LIDAS DA SEMANA