Usina de reciclagem de Assis pode ser interditada por descarte incorreto

Lixo é jogado sem licença da Cetesb e prefeitura foi multada em R$ 13 mil.
Empresa foi contratada e resíduos devem ser retirados em até 45 dias.

Lixo doméstico é jogado em lugar inadequado em Assis (Foto: Reprodução / TV TEM)

A prefeitura de Assis (SP) foi multada em R$ 13 mil por armazenamento inadequado de lixo. Além disso, a usina de reciclagem da cidade também pode ser interditada caso o problema não seja resolvido. O lixo acumulado na usina já causa transtornos para quem mora na região e o mau cheiro e os insetos viraram rotina .

O acúmulo do lixo é considerado ilegal e há um mês a prefeitura foi advertida pela Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado porque estava jogando os resíduos domésticos produzidos na cidade na usina de reciclagem sem licença da Cetesb. O município não renovou um contrato com um aterro particular que fica em Quatá e passou a fazer o descarte irregular no local, no entanto, o secretário do Meio Ambiente da cidade, Bruno Mota, afirmou que ainda em 2014 o problema seria resolvido.

Um mês depois de receber a advertência, o município continua armazenando o lixo em local proibido e, por isso, vai ser multado pela Cetesb em mais de R$ 13 mil. Segundo o gerente regional da Cetesb, Luís Eduardo Zuniga Medel,  a usina de reciclagem de Assis poderá ser interditada.  “Se persistir a situação, nós vamos acabar interditando o local, mas vamos esperar a manifestação deles”, afirma.

Já o promotor do Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (Gaema), Luís Fernando Rocha, afirmou que um inquérito civil já foi aberto para apurar as irregularidades e a prefeitura também poderá ser responsabilizada por crime ambiental. “Precisamos entrar com uma ação civil pública, se necessário, contra o município para proibir a disposição inadequada. Também vamos requisitar um inquérito policial para apurar o crime de poluição”, ressalta.

O secretário do Meio Ambiente de Assis informou que uma empresa de Londrina foi contratada para dar destinação correta ao lixo. O contrato foi assinado no dia 5 de dezembro, mas a retirada dos resíduos começou a ser feita no dia 22 de dezembro. Ele disse ainda que vai pedir para que o trabalho seja feito mais rapidamente e espera que todo o lixo seja removido da usina de reciclagem em 45 dias.

#MAIS LIDAS DA SEMANA