Entidades sindicais cobram audiência sobre Caixa com Governo Federal

A expectativa é de que a audiência seja realizada ainda em fevereiro. Os representantes dos bancários querem os esclarecimentos o quanto antes.

Entidades sindicais cobram audiência sobre Caixa com Governo Federal

Em ofícios enviados no dia 9 de fevereiro à presidenta Dilma Rousseff e ao ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, a Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, a Fenae (Federação Nacional  das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal) e centrais sindicais cobraram a realização da audiência solicitada no final do ano passado para pedir esclarecimentos sobre as notícias veiculadas pela imprensa de que o governo federal pretende abrir o capital do banco.

A expectativa é de que a audiência seja realizada ainda em fevereiro.  Os representantes dos bancários querem os esclarecimentos o quanto antes, devido ao clima de apreensão entre os empregados. Para o presidente do Sindicato dos Bancários de Assis e Região, Helio Paiva Matos, é fundamental que a Caixa continue 100% pública e com seu forte papel social. “Este banco é um patrimônio público dos brasileiros e não podemos aceitar que haja abertura de capital”, enfatiza.

Dia Nacional de Luta
No próximo 27 de fevereiro acontece o Dia Nacional de Luta em Defesa da Caixa 100% Pública. O objetivo é mobilizar os mais de 100 mil empregados, as entidades representativas da categoria e toda a sociedade. Dez mil cartazes com a frase “Eu defendo a Caixa 100% pública” já estão sendo enviados para as mais de 4 mil unidades do banco. A ideia é utilizar os cartazes em uma grande ação nas agências e em fotos a serem postadas nas redes sociais com a hashtag #acaixaédopovo.

Ato na Câmara
No dia 25 de fevereiro, no Auditório da Câmara dos Deputados, ocorrerá o Ato em Defesa da Caixa Econômica Federal 100% Pública. O evento será realizado pela Contraf-CUT, Fenae e gabinete da deputada federal Erika Kokay (PT-DF).

#MAIS LIDAS DA SEMANA