Bancários e entidades sindicais saem vitoriosos contra o PLS 555 e Caixa continua 100% Pública

Mobilizações e ações em todas as bases sindicais e a pressão feita sobre parlamentares resultaram num projeto substitutivo.

Lucro da Caixa alcança R$ 7,2 bilhões em 2015 (Foto: Reprodução)
Lucro da Caixa alcança R$ 7,2 bilhões em 2015 (Foto: Reprodução)

A aprovação do Projeto de Lei do Senado (PLS) 555, o chamado Estatuto das Estatais, no dia 15 de março, encerra um capítulo e abre nova frente de luta no combate ao projeto privatista, agora no âmbito da Câmara dos Deputados. Mais uma vez a mobilização dos trabalhadores barrou uma investida do Congresso Nacional contra direitos e contra o patrimônio do povo brasileiro. Mobilizações e ações em todas as bases sindicais e a pressão feita sobre parlamentares mudaram a história e resultaram num projeto substitutivo que avançou em relação ao projeto inicial.

Na conjuntura adversa, o movimento sindical bancário teve um alento contra a pauta bomba do Congresso Nacional e uma confirmação de que lutar vale a pena. O Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, do qual a Contraf-CUT faz parte, juntamente com a Fenae, FUP e Centrais Sindicais, mostrou-se um acerto e ferramenta fundamental nesta resistência.

Entre as conquistas destacadas estão a retirada da obrigatoriedade de as empresas se tornarem sociedades anônimas; o fim da exigência de as empresas não terem mais ações preferenciais e a aprovação de que o Estatuto das Estatais só será obrigatório para as empresas que tenham mais de R$ 90 milhões de receita operacional bruta, o que deixa de fora a maioria das estatais, com menor porte.

Bancários e entidades sindicais saem vitoriosos contra o PLS 555 e Caixa continua 100% Pública
Bancários e entidades sindicais saem vitoriosos contra o PLS 555 e Caixa continua 100% Pública

Outro instrumento utilizado com vigor nessa batalha e que terá continuidade é a rede social. O site www.diganaoapls555.com.br e o facebook www.facebook.com/diganaoaopls555/ tiveram milhares de acessos e interação de internautas, além da ampla repercussão favorável na mídia alternativa. “Foi mais uma vitória importante para os trabalhadores que lutaram pela Caixa 100% pública e continuaremos batalhando pelos direitos dos cidadãos brasileiros”, destaca o presidente do Sindicato dos Bancários de Assis, Helio Paiva Matos.

#MAIS LIDAS DA SEMANA