Santa Casa alerta população assisense sobre golpe via telefone

Segundo a Organização golpe geralmente aplicado a usuários do SUS.
A Santa Casa ainda afirma que não realiza cobranças por telefone.

Santa Casa de Misericórdia de Assis (Foto: Divulgação)
Santa Casa de Misericórdia de Assis (Foto: Divulgação)

A Organização Social de Saúde, Santa Casa de Misericórdia de Assis (SP) alerta seus pacientes, familiares e a população assisense em geral que não realiza cobranças por telefone referente a procedimentos, exames, avaliações, cirurgias, medicações e insumos em geral.

Caso o usuário seja contatado ou abordado nesse sentido, pedimos que o mesmo entre em contato, imediatamente, com a Santa Casa, com o setor onde o seu familiar (paciente) se encontra e em hipótese nenhuma efetue pagamentos ou depósitos bancários sugeridos nestes tipos de abordagens.

A Diretoria da Santa Casa explica que está alertando seus usuários, pois esta conduta é um tipo de golpe que vem sendo aplicado em todo o Estado de São Paulo. Somente em fevereiro Santas Casas de Franca, Fernandópolis, Votuporanga e Marília registraram este tipo de golpe e também alertaram a população.

Segundo a Organização de Saúde o golpe é, geralmente, direcionado a usuários do SUS – Sistema Único de Saúde, que recebem ligações de pessoas que se identificam como médicos ou profissionais da saúde e que solicitam um depósito bancário, alegando que o paciente internado necessita de um exame que não foi liberado pelo SUS.

#MAIS LIDAS DA SEMANA