Parceria entre a ABRAPSO e a Unesp promove a Psicologia Social em Assis

Associação contribui para uma nova possibilidade de atuação do Psicólogo.

A Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO) com sede em Assis, parceira da Faculdade de Ciências e Letras UNESP/Assis, promove a Psicologia Social e fortalece os movimentos políticos na comunidade acadêmica e na assisense.

Fundada em 1980, a sede nacional da ABRAPSO foi criada pouco antes do movimento democrático e histórico das “Diretas Já” no Brasil, com o intuito de constituir um espaço de intercâmbio e posicionamento crítico para a produção de conhecimento e intervir politicamente na sociedade. Ela é composta por profissionais (pesquisadores, psicólogos, militantes, gestores públicos) e estudantes (alunos em processo de graduação ou pós-graduação), que, por meio do ensino, investigação, aplicação ou difusão, contribuem para o desenvolvimento da Psicologia Social no Brasil.

O núcleo em Assis foi organizado pelo professor Dr. Luis Carlos da Rocha na década de 80 em meio ao processo de democratização da direção da Faculdade, em que os diretores das faculdades da UNESP eram escolhidos por indicação, e não por meio de um processo justo e democrático, as eleições. Após a mudança política no processo de administração das faculdades, os integrantes da ABRAPSO da época encontraram abertura para a criação de um núcleo em Assis.

Orientado pelos docentes Luis Carlos da Rocha e Deivis Peres, membros atuais do Departamento de Psicologia Social da UNESP de Assis, o núcleo da ABRAPSO contribui para a formação dos psicólogos mediante discussões de cunho político e social dentro e fora da Faculdade, ampliando os limites da dimensão política de sua ação profissional.

Fato ocorrido em 2016, durante o processo de impeachmaent da ex-presidente Dilma Rousselff, foi a participação ativa do Núcleo de Assis ao questionar a legitimidade do processo político e seus efeitos na política nacional. Discussões ocorridas em Assis estenderam horizontes ao pedir, aos demais núcleos da ABRAPSO, um posicionamento a respeito dos fatos políticos de agosto do ano passado  mostrando, por meio de discussões, a importância de um posicionamento político para a produção da política social relacionada à profissão do psicólogo.

A parceria que a UNESP/Assis tem com a ABRAPSO favoreceu a criação de um projeto cuja finalidade era problematizar e discutir o contexto político nacional que influencia não somente a profissão do psicólogo, mas todos os cidadãos brasileiros. Tal parceria busca fortalecer a formação do psicólogo para uma atuação em clínicas e em outros contextos que requerem do psicólogo um comprometimento político e social.

#MAIS LIDAS DA SEMANA