Cidadã assisense joga lixo em lugar irregular e é identificada

Responsável pelo descarte indevido será notificado e autuado através da municipalidade e o caso será encaminhado ao Ministério Público.

Cidadã assisense joga lixo em lugar irregular e é identificada (Foto: Divulgação/PMA)

Ao andar pelas ruas de Assis para conhecer de perto os problemas da cidade, o prefeito José Fernandes encontrou na manhã desta quarta-feira, 2, na Rua 13 de Maio, grande quantidade de lixo domiciliar despejado às margens do Córrego do Jacú, proximidades da Câmara Municipal de Assis.

Considerando o descarte indevido do lixo, o prefeito imediatamente acionou o órgão municipal responsável para que sejam tomadas as medidas cabíveis para esse caso, que é considerado crime ambiental.

Cidadã assisense joga lixo em lugar irregular e é identificada (Foto: Divulgação/PMA)

Segundo ele, essa prática não pode acontecer e reforça que a Prefeitura tem seus serviços de coleta domiciliar e seletiva rotineiramente em todo Município.

“Mais uma vez estamos presenciando o descarte indevido do lixo e agora no Centro da cidade. Infelizmente, ainda há moradores que precisam se conscientizar e pararem de uma vez com essa prática que, além de sujar as ruas de Assis, ainda prejudica o Meio Ambiente”, lembra o prefeito.

No lixo descartado em local irregular havia documentos que comprovam dados pessoais do munícipe, como nome completo, endereço e telefone. Foram encontrados e recolhidos como prova contas de água e energia, boletos bancários, entre outros, todos no nome de uma mesma pessoa.

A pedido do chefe do Executivo, o responsável pelo descarte indevido será notificado e autuado através da municipalidade e o caso será encaminhado ao Ministério Público para ser apurado como crime ambiental.  

Documentos comprovam dados pessoais do munícipe (Foto: Divulgação/PMA)

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA