Energisa Sul-Sudeste investe na melhoria do atendimento e qualidade da energia para Assis e região

Investimentos no sistema elétrico da distribuidora em Assis garantem energia de melhor qualidade e confiabilidade.

A Energisa Sul-Sudeste encerrou o ano de 2017 com a conclusão de importantes obras que visam à melhoria da qualidade e confiabilidade da energia elétrica aos clientes da distribuidora da cidade de Assis e região. Para tornar ainda mais confiável seu sistema elétrico, a empresa investiu na substituição de transformador de corrente (TC) de 88 quilovolts da subestação Assis lll.

“Esse equipamento tem uma função muito importante no sistema elétrico. Quando há uma falha no sistema de distribuição, o TC em conjunto com outros equipamentos é responsável pela proteção da subestação contra maiores danos, garantindo segurança para a população. A substituição do equipamento por outro mais moderno significa investir na confiabilidade do sistema”, destaca Paulo Henrique Costa Câmara, gerente de Manutenção da Transmissão da Energisa Sul-Sudeste.

Paulo complementa que estão em andamento, obras de modernização (troca de equipamento antigos por novos modelos) das Subestações de Assis e Tarumã; e também a substituição de um transformador de corrente de 88 quilovolts da subestação Palmital ll.

Outros investimentos significativos efetuados em 2017, em Assis, foram a execução de oito obras para a troca de cabos, interligação e deslocamento de 1.740 metros de redes da cidade. As obras de deslocamento de redes foram efetuadas em áreas muito arborizadas.

“A maior parte das ocorrências que afetam o fornecimento de energia são as quedas de galhos e de árvores sobre as redes elétricas durante temporais. Como uma ação preventiva, efetuamos em alguns pontos a mudança da rede elétrica para um local mais seguro, e executamos um plano de poda de galhos de árvores próximas às redes. Todo esse trabalho é realizado seguindo as normas ambientais dos municípios”, destaca Luiz Moreto Vicentin Junior, gerente de Construção e Manutenção da empresa.

Também foram instalados mais dois religadores de linha no sistema elétrico do município. “Trata-se de um equipamento muito importante que religa automaticamente a rede quando há interferências por curtos-circuitos instantâneos provocados por raios, galhos de árvores e outros objetos que tocam na rede”, destaca Moreto.

Conforme previsto em seu Plano de Investimentos, em 2017, a Energisa Sul-Sudeste concentrou seus esforços na expansão e modernização do sistema elétrico e no aumento da capacidade da rede de distribuição para melhor atender os clientes da companhia. “Este ano de 2018 daremos continuidade aos trabalhos de modernização das subestações, ampliação da capacidade de atendimento, manutenções preventivas e na busca contínua da melhoria da prestação de serviços aos nossos clientes”, concluem os gerentes.

#MAIS LIDAS DA SEMANA