Capacetes que podem evitar intubações são comprados após doações

A intenção é diminuir a demanda por leitos de UTI nos hospitais com a utilização do equipamento e retomar a economia.

A campanha #Salvevidas iniciada no dia 17 de março pela Associação Comercial e Industrial de Assis, através dos Conselhos do Jovem e da Mulher Empreendedora da ACIA arrecadou R$ 65.659,00 para aquisição de capacetes e treinamentos de profissionais da saúde com intenção de reduzir a demanda por leitos de UTI nos hospitais da cidade que atendem o município e toda região. O capacete respirador pode evitar a intubação de pacientes com Covid-19.

Nesta semana, a campanha está concretizando a compra dos equipamentos, definindo a melhor forma de logística para que o material chegue o quanto antes e doado à Santa Casa de Assis, Hospital Regional, UPA de Assis e de Pedrinhas Paulista e à Santa Casa de Cândido Mota. Empresas se mobilizaram e aderiram à campanha fazendo suas doações. Com a liberação de leitos de UTI existe a esperança de que as restrições sejam aliviadas para o comércio pelo Governo do Estado e a economia possa ser retomada na cidade.

Para o presidente da ACIA, Nami Sabeh, a entidade demonstra preocupação com empresários da Indústria e Comércio e também com a população com essa ação social. Ele agradece as empresas e cidadãos pelas doações, também parabeniza a iniciativa de sucesso dos Conselhos do Jovem e da Mulher Empreendedora.

Quem se interessar em doar qualquer valor pode fazer depósito ou PIX para a conta da ACIA: BRADESCO Ag: 0004 CC: 53500-1 CNPJ PIX 44.373.884.0001.03.

Sobre o capacete

O Capacete Elmo é um dispositivo de suporte ventilatório, não invasivo, capaz de evitar, na maioria dos casos, que o paciente com COVID-19 seja intubado, permitindo, com isso, que menos leitos de UTI sejam ocupados. Instalados em hospitais e UPAs do Ceará, Amazonas e Minas Gerais já apresentou dados animadores, como a redução de até 60% no número de pacientes evoluindo para estado grave e que precisariam de intubação.

O modelo desenvolvidos no Brasil se baseou em dispositivos italianos e americanos. A cooperação entre a empresa ESMALTEC, Universidade de Fortaleza, SENAI, Fundação Edson Queiroz, Governo do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico e Universidade Federal do Ceará tornaram o dispositivo uma realidade com custo acessível. Uma unidade custa cerca de R$ 1.100,00. Enquanto que o treinamento para manuseio do equipamento sai por R$ 900,00 e pode ser feito online. Cada capacete pode ser utilizado por até 4 pacientes.

EMPRESAS QUE COLABORARAM COM A CAMPANHA

  • ACIA
  • ANTONIO E LUCIENE SCHIAVÃO
  • BERMEJO´S CONTABILIDADE
  • CABONNET
  • CARLITO MODAS
  • CAVASSINI MOVEIS E DECORACAO
  • DROGARIAS CATEDRAL
  • FRANCISCO V G N LTDA
  • GRUPO PARCEIROS DA SERRA
  • GUADAIM MOVEIS E ELETRO
  • HENGEL
  • HOSPITAL DE OLHOS PARTICIPAÇÕES S/A
  • INOAR
  • INTERLAGOS AUTO PEÇAS
  • JDL NASCIMENTO TRANSPORTES LTDA
  • MARIOTICA
  • MESSEN ENGENHARIA
  • PAX PNEUS
  • PHARMACIA ANTIGA
  • POLO EQUIPAMENTOS E INDUSTRIA LTDA
  • POSTO BELASSIS
  • POSTO GD
  • POSTOS STELLA & ALMEIDA
  • PRATCASA
  • QUANTICO DIGITAL
  • REBECA ATACAREJO
  • ROTARY ASSIS DO VALE
  • SHOOZZ
  • SMITH 340
  • SOL DA TERRA
  • SUPERMERCADOS AVENIDA
  • TENENTE GENOVA E FAMILIA
  • TURMA DE EDUC FISICA 1985-IEDA
  • UNIMED
  • XAVIER FERRAMENTAS

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA