Contra a COVID-19, Prefeitura determina medidas mais restritivas em Assis a partir das 21h desta quarta-feira, dia 2

Moradores deverão respeitar toque de recolher.

Moradores deverão respeitar toque de recolher (Foto: Departamento de Comunicação)

Moradores deverão respeitar toque de recolher (Foto: Departamento de Comunicação)

Com o objetivo de conter o avanço da transmissão do Coronavírus na cidade, a Prefeitura de Assis, nesta segunda-feira, 31, por meio do Decreto nº 8.469, institui medidas mais restritivas com o fechamento dos estabelecimentos privados considerados não essenciais, das 21h do dia 2 de junho até às 6h da próxima segunda-feira (07).

O Decreto considera que devem obedecer as restrições estabelecimentos privados, comerciais, industriais e de serviços, com exceção de farmácias e drogarias; postos revendedores de combustíveis com a proibição da abertura de lojas de conveniência; supermercados, mercados, mercearias, padarias e açougues; serviços de segurança pública e vigilância; serviços de saúde públicos e particulares, saneamento básico, energia elétrica e funerários.

Os estabelecimentos comerciais que possuírem estrutura, o atendimento somente será permitido por meio de serviço de entrega a domicilio, ou seja, delivery.

O Decreto recomenda que seja evitada inclusive, a circulação de pessoas e veículos pelas vias e logradouros públicos do Município sem necessidade.

Para os casos de extrema urgência, os moradores deverão sair das residências sempre com o uso de mascaras de proteção facial e respeitando o distanciamento entre pessoas de no mínimo 2 metros.

Mais informações no Decreto abaixo.

#MAIS LIDAS DA SEMANA