Justiça conclui depoimento de réus e entra na fase final da audiência

(Foto: Freepik)

Ainda não saiu o tão aguardado veredito do juiz Arnaldo Valderrama no processo que ficou conhecido como ‘Máfia das multas’ que, de acordo com a denúncia, teria funcionado no Departamento de Trânsito da Prefeitura Municipal de Assis no ano de 2017, quando milhares de motoristas e motociclistas foram multados.

Na continuidade da audiência de instrução, nesta terça-feira (03), o magistrado Arnaldo Valderrama, junto com o promotor Fernando Fernandes Fraga, interrogaram os nove réus envolvidos no processo.

Todos os depoimentos, feitos em audiência virtual por conta do risco de contaminação do novo coronavírus, estão gravados em mídia, mas a Justiça ‘desautoriza qualquer divulgação ou transmissão de sua imagem, por qualquer meio, sob pena de apuração de responsabilidade civil e criminal’.

Após os depoimentos, atendendo requerimento do defensor de um dos réus, foi oficiado o delegado de polícia para ter prestar informações de eventual procedimento investigativo contra a testemunha que apresentou a denúncia sobre o esquema.

O magistrado que conduz o processo ofereceu prazo de 24 horas para manifestação dos defensores dos réus e, logo em seguida, deve haver o posicionamento do representante do Ministério Público, promotor Fernando Fernandes Fraga, inclusive a respeito do pedido de ‘sustação de medidas cautelares’.

Após a apresentação dos procedimentos conhecidos juridicamente como ‘Memoriais’, o juiz Arnaldo Valderrama deve anunciar sua sentença, que poderá ocorrer nos próximos dias.


LEIA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA