Fique conectado

Mundo

Brasil é laboratório para reverter declínio do catolicismo, diz NYT

Reportagem cita e seu maior expoente, da Renovação Carismatica, o padre Marcelo Rossi

Publicado em

105

Papa Bento XVI durante a oração do Angelus dominical neste domingo (17) – (Foto: Max Rossi/Reuters)

Sob o título “No Brasil, um laboratório para reverter o declínio do catolicismo”, o jornal The New York Times dedica uma reportagem ao cenário que o sucessor de Bento XVI encontrará no país – e as ameaças que o Vaticano terá de enfrentar. “Se há um lugar que reúne os desafios enfrentados pelo catolicismo no mundo, este lugar é o Brasil, país com o maior número de católicos e uma espécie de laboratório para as estratégias da igreja para atrair os seguidores de volta”, diz a reportagem.

Citando números do Censo de 2010, que mostrou a redução dos católicos para 65% da população  – era mais de 90% há 50 anos–, o “NYT” afirma que o país reúne toda espécie de estratégias usadas pelas igrejas para arregimentar fiéis de volta aos seus cultos.

O “NYT” ainda destaca frase de dom Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, que aponta preocupação de até quando o Brasil será um país de maioria católica.

O jornal lembra que a presença de Bento XVI era esperada para julho, na Jornada Mundial da Juventude. “Muitos dos fiéis brasileiros tinham esperança que a viagem representasse um novo foco do Vaticano na dupla ameaça da competição evangélica e crescimento do secularismo”. A expectativa agora é que o novo papa ainda visite o Rio – lembrando que dois brasileiros, o cardeal João Braz de Aviz e Odilo Scherer, arcebispo de São Paulo, estão entre os apontados como possíveis candidatos a suceder Bento XVI. “Mas outros parecem resignados ao que descrevem como uma combinação de negligência e condescendência por parte do Vaticano”.

Religiosos cantores

Missa em homenagem a Nossa Senhora Aparecida celebrada pelo Padre Marcelo Rossi e pelo bispo Dom Fernando, em SP

O jornal cita o grupo de padres cantores pertencentes ao movimento Renovação Carismática, “que busca revigorar as cerimônias católicas para aproximá-las do que os paroquianos geralmente encontram em outras igrejas”. Esses padres foram acolhidos pelo Vaticano, mas só até certo ponto, ressalta o jornal, citando o exemplo mais famoso, o padre Marcelo Rossi, um ex-personal trainer de 45 anos que já vendeu mais de 12 milhões de CDs e já celebrou uma missa em um estádio de futebol lotado com dezenas de milhares de pessoas. “Ele reclama de ter se sentido “humilhado” durante a visita de Bento XVI ao Brasil, em 2007, quando lideranças católicas o impediram de chegar perto do papa”.

Padre Marcelo Rossi apresenta de segunda a sábado, das 9 às 10 horas, o programa Nosso Momento de Fé, que para Assis e Região é transmitido através da emissora Rádio Antena Jovem FM, 94, 9MHz que também pode ser ouvida através do seu portal, www.radioantenajovemfm.com.br.

Publicidade

Mundo

Prefeito é amarrado em carro e arrastado por não cumprir promessa

Caso inusitado aconteceu no México. O prefeito não teria feito as obras prometidas na região, como a substituição do asfalto.

Publicado em

Do Metrópoles
Prefeito é amarrado em carro e arrastado por não cumprir promessa
Prefeito é amarrado em carro e arrastado por não cumprir promessa

O prefeito da cidade de Las Margaritas, México, foi amarrado e arrastado por um carro após deixar de cumprir promessas. Segundo a imprensa local, Jorge Luis Escandón Hernández foi retirado do Palácio Municipal à força por moradores e levado até o local. Um vídeo de 17 segundos mostra o momento em que Jorge é amarrado e levado por uma caminhonete.

De acordo com o jornal El Heraldo de Mexico, o prefeito não teria feito as obras prometidas na região, como a substituição do asfalto. A polícia foi chamada e conseguiu salvar Jorge Luis da multidão enfurecida. Ele foi levado para o hospital apenas com ferimentos leves.

Mais de 30 pessoas foram detidas durante o violento protesto. Outras 20 ficaram feridas no confronto com policiais. Após o ataque, o prefeito fez um discurso e disse que não será intimidado pela violência. Além disso, prestou queixa por sequestro e tentativa de homicídio.

Continue lendo

Mundo

Homem quase morre após infecção grave por mania de roer unha

Publicado em

Da Catraca Livre
Homem quase morreu por mania de roer as unhas

Roer as unhas é um hábito comum que a maioria das pessoas já devem ter feito pelo menos uma vez na vida. O que poucos sabem, entretanto, é que esse ato, aparentemente inofensivo, pode causar sérios danos à saúde, a exemplo do que aconteceu com Luke Hanoman que quase morreu após uma infecção grave depois de arrancar uma cutícula da unha com os dentes.

Natural do Reino Unido, Luke, de 28 anos, e pai de duas crianças, tem “sorte de estar vivo”, segundo disseram os médicos.

No começo, o jovem experimentou os sintomas semelhantes aos da gripe, que durou por duas semanas. O caso, entretanto, era mais grave e se desenvolveu para uma sepse, o que o fez ficar quatro dias sob observação constante em um hospital.

“Eu quase tive um choque séptico. Eles me disseram que eu tinha sorte de estar vivo. Eventualmente, eles chegaram até a infecção no meu dedo e conseguiram remover todo o pus”, disse Hanoman, em entrevista ao “The Daily Mail”.

Homem quase morreu por mania de roer as unhas

Homem quase morreu por mania de roer as unhas

Atualmente o jovem está recuperado, não corre mais nenhum risco de vida e passa bem. Por desconhecer os sintomas da doença, o mesmo evitou procurar ajuda médica e só o fez após um alerta de sua mãe.

Ele conta que achava que roer as unhas não era nada demais, apenas um hábito para quando estava nervoso ou ansioso. No começo, o jovem começou a suar frio, tremendo e com febre. Em seguida, passou a ter dificuldades para se manter focado, e um dos dedos de sua mão inchou e latejava.

Após a experiência, Luke revela que quer passar a conscientizar as pessoas sobre a sepse, que pode afetar indivíduos de qualquer idade.

SEPSE
A sepse é uma condição potencialmente fatal que surge quando a resposta do corpo a uma infecção danifica os seus próprios tecidos e órgãos podendo, inclusive, infectar o próprio sangue.

Os sintomas mais comuns são febre, aumento do ritmo cardíaco, da frequência respiratória e confusão mental.

Continue lendo

Mundo

Mãe e filho morrem após balão se soltar, explodir e cair no chão

Os corpos deles foram encontrados em uma área afastada do parque.

Publicado em

Do Metrópoles
Mãe e filho morrem após balão se soltar, explodir e cair no chão (Foto: Divulgação)

Uma tragédia comoveu a cidade de Shangdong, China. Mãe e filho brincavam em um balão de ar quente, em um parque temático da província. O brinquedo deveria ir só até uma certa altura e, depois, era puxado pelos funcionários. No entanto, o balão se soltou das cordas e voou sem rumo pela atmosfera. Sem poder controlar o brinquedo, os atendentes ficaram em choque.

No vídeo, é possível ver a mulher de 31 anos e o filho, de 3, acenando. Logo depois, o balão se desprende e eles partem sem direção. Segundo a imprensa a local, os corpos deles foram encontrados em uma área afastada do parque.

A polícia prendeu cinco pessoas responsáveis pelo parque, além de fechar todo o local até as conclusões das investigações. Em entrevista aos veículos de imprensa locais, funcionários disseram que o balão não tinha autorização para funcionamento.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas