Fique conectado

Mundo

Menino sofre acidente em pula-pula e fica com mola cravada nas costas

Acidente aconteceu quando menino brincava na casa de um amigo.

Publicado em

6.780

Menino sofre acidente em pula-pula e fica com mola cravada nas costas (Foto: Reprodução)

Um acidente chocante, que quase terminou em tragédia, aconteceu com um menino de 12 anos no último final de semana na cidade de Sheffield, no Reino Unido. Enquanto brincava em um pula-pula, ele foi atingido nas costas por uma das molas do brinquedo, que estourou e ficou cravada em suas costas.

Segundo informações da Fox News, Jamie Quilan, estava na casa de um amigo quando o acidente aconteceu. A força de tensão da mola era tamanha que, ao estourar, o objeto atravessou a camisa do menino e se alojou em suas costas, errando por centímetros sua espinha.

Após o incidente, Jamie foi encaminhado para o Hospital Infantil de Sheffield, onde passou por cirurgia para a remoção.

“É o tipo de coisa que poderia acontecer com qualquer um. Jamie foi muito bravo durante todo o processo. Acredito que esse episódio será exemplo para que todos saibam os perigos que um pula-pula pode oferecer se não tiver a manutenção correta”, afirmou Ian, pai do garoto, ao South West News Service.

“Quando estourou, a mola parecia uma bala. Se tivesse atingido em qualquer outro lugar do corpo dele, como sua cabeça ou garganta, poderia ser fatal”, complementou.

Já Jamie disse que sentiu uma sensação estranha de peso quando a mola o atingiu, mas que está se recuperando bem: “De vez em quando, ainda sinto como se ela estivesse nas minhas costas, mas estou me sentindo bem e feliz por não ter sido nada pior”.

De acordo com dados da Comissão Norte-Americana de Segurança de Produtos, milhares de acidentes com este tipo de brinquedo são registrados no país todos os anos. Crianças com até seis anos de idade são mais propensas a se machucar e as lesões mais comuns são no pescoço, costas e concussões.

Menino sofre acidente em pula-pula e fica com mola cravada nas costas (Foto: Reprodução)

Mundo

Braços de aluna são encontrados em mochila de professor

Bêbado e vestido de Napoleão, ele confessou que planejava se suicidar após ter matado a jovem.

Publicado em

Do Metrópoles
Braços de aluna são encontrados em mochila de professor
Braços de aluna são encontrados em mochila de professor

Um professor da Universidade de São Petersburgo, de 63 anos, foi preso na Rússia, nesse sábado (09), após ser encontrado com dois braços decepados dentro da mochila. Oleg Sokolov teria caído em um rio da cidade enquanto tentava se desfazer das partes do corpo. Bêbado e vestido de Napoleão, ele confessou que planejava se suicidar.

De acordo com o jornal britânico Metro, a vítima é Anastasia Yeschenko, uma estudante de 24 anos. Oleg Sokolov e Anastacia moravam juntos. Para a polícia, ele afirmou que a matou “acidentalmente durante uma discussão”. O restante do corpo da jovem foi encontrado dentro do flat em que eles dividiam.

O professor está internado com hipotermia e à disposição da Justiça.

Fama

Oleg Sokolov ganhou fama por ser um dos grandes especialistas em Napoleão Bonaparte. Em 2003, recebeu a Ordem Nacional da Legião de Honra, de Jacques Chirac.

O historiador, que também foi professor em Sorbonne, em Paris, é autor de vários livros sobre o imperador francês. Além disso, de acordo com o The Guardian, atuou como consultor em vários filmes sobre Napoleão.

Continue lendo

Mundo

Mãe sofre infarto tentando fazer filho entender o dever de casa

A mulher, de 36 anos, ficou muito estressada ao explicar o dever de matemática e foi levada às pressas para o hospital.

Publicado em

Do Metrópoles
REPRODUÇÃO

Uma chinesa de 36 anos sofreu um infarto e quase morreu enquanto tentava, à exaustão, fazer com que o filho compreendesse o dever de matemática passado pela professora. Segundo o Sin Chew Daily, a mãe, identificada apenas como Wang, relatou que ficou muito estressada e, em seguida, perdeu o fôlego. Ela foi levada ao hospital às pressas pelo marido.

De acordo com o site, Wang sempre teve muito interesse pelo progresso acadêmico do filho, que está no terceiro ano do ensino fundamental, e o acompanha todas as noites para ajudar nas tarefas passadas na escola.

No momento do ataque cardíaco, ela tentava explicar várias vezes o problema de matématica, mas o garoto não respondia corretamente as questões. “Comecei a ficar com raiva e tive vontade de explodir. De repente, senti-me perturbada e sem fôlego. Liguei rapidamente para meu marido e pedi que ele me levasse ao hospital”, afirmou.

O médico que a atendeu contou que ela não morreu por pouco e ressaltou que são comuns casos de estresse em mães jovens. Wang revelou que já havia perdido a paciência com os filhos em outras vezes, mas que não esperava sofrer algo tão grave. Ela segue internada.

Continue lendo

Mundo

Após fazerem tatuagem de henna em férias no Egito, gêmeos de 11 anos sofrem graves queimaduras

Como tratamento, o médico pediu à mãe, Vicki Hawkins, para manter os braços dos filhos hidratados por pelo menos 18 meses.

Publicado em

Do G1
Quando chegaram ao Reino Unido, os Gêmeos sentiram bolhas em seu braço (Foto: Reprodução: Facebook )
Quando chegaram ao Reino Unido, os Gêmeos sentiram bolhas em seu braço (Foto: Reprodução: Facebook )

A britânica Vicki Hawkins pensou que suas férias no Egito seriam tranquilas, mas um incidente acabou atrapalhando seus planos. Ela ficou hospedada em um resort em Hurghad, junto com seus quatro filhos. No primeiro dia, a mãe deixou que eles fizessem tatuagens temporárias no salão de beleza do hotel. No entanto, o resultado não ficou como ela esperava.

Os gêmeos fizeram tatuagens iguais e não houve nenhum problema, enquanto estavam no Egito. Entretanto, depois que a família chegou ao Reino Unido, os gêmeos de 11 anos começaram a apresentar bolhas enormes na pele e reclamar que os braços estavam coçando muito.

Como as crianças não melhoravam, a mãe teve que levá-las ao médico. Lá, os especialistas confirmaram que reação vista na pele das crianças foi causada por queimaduras químicas.

Família estava passando férias no Egito (Foto: Reprodução: Facebook )

Família estava passando férias no Egito (Foto: Reprodução: Facebook )

Segundo informações do site Daily Mail, a tatuagem havia deixado a pele das crianças vermelha e descamada. Como tratamento, o médico pediu à mãe para manter os braços dos filhos hidratados por pelo menos 18 meses. O medo dela é que essas cicatrizes não saiam mais.

Tatuagem (Foto: Reprodução: Facebook)

Tatuagem (Foto: Reprodução: Facebook)

Vicki também relatou que seus outros dois filhos estão com sintomas parecidos com os dos gêmeos. Ela fez seu relato no Facebook para alertar os pais sobre os cuidados que se devem ter com tatuagens de henna.

Em resposta, o site em que Vicki fez as reservas comunicou que irá investigar o hotel.

Vicki Hawkins estava viajando com os quatro filhos (Foto: Reprodução: Facebook)

Vicki Hawkins estava viajando com os quatro filhos (Foto: Reprodução: Facebook)

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas