Uma menina de 14 anos morreu enquanto dormia após o celular dela explodir no travesseiro. Segundo a polícia local, Alua Asetkyzy Abzalbek, de Bastobe, Cazaquistão, deixou o telefone conectado ao carregador, colocou o fone de ouvido e deixou o aparelho ao lado do travesseiro. Pela manhã, a garota foi encontrada morta com vários ferimentos no rosto.

Os pais de Alua ainda chamaram o serviço de emergência, mas os paramédicos não puderam fazer nada. Segundo a imprensa local, especialistas analisaram o smartphone constataram que ele explodiu após um superaquecimento. Não foi revelada a marca do telefone nem mesmo se o carregador era original.

Uma amiga fez um post emocionante no Facebook após a morte de Alua. “Ainda não acredito. Você era a melhor. Estávamos juntas desde pequenas. É muito difícil para mim ficar sem você. Muitas saudades. Você me deixou para sempre”, disse Ayazhan Dolasheva, 15 anos.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Cantora de 21 anos é morta pelo marido de 79 no México

Ela tinha 21 anos e levou 3 tiros dentro de um restaurante.

Funcionário recebe R$ 1,6 mi por engano, pede demissão e foge com dinheiro

A empresa chilena tenta agora reaver o dinheiro na Justiça alegando "apropriação indevida".