Braços de aluna são encontrados em mochila de professor

Bêbado e vestido de Napoleão, ele confessou que planejava se suicidar após ter matado a jovem.

Um professor da Universidade de São Petersburgo, de 63 anos, foi preso na Rússia, nesse sábado (09), após ser encontrado com dois braços decepados dentro da mochila. Oleg Sokolov teria caído em um rio da cidade enquanto tentava se desfazer das partes do corpo. Bêbado e vestido de Napoleão, ele confessou que planejava se suicidar.

De acordo com o jornal britânico Metro, a vítima é Anastasia Yeschenko, uma estudante de 24 anos. Oleg Sokolov e Anastacia moravam juntos. Para a polícia, ele afirmou que a matou “acidentalmente durante uma discussão”. O restante do corpo da jovem foi encontrado dentro do flat em que eles dividiam.

O professor está internado com hipotermia e à disposição da Justiça.

Fama

Oleg Sokolov ganhou fama por ser um dos grandes especialistas em Napoleão Bonaparte. Em 2003, recebeu a Ordem Nacional da Legião de Honra, de Jacques Chirac.

O historiador, que também foi professor em Sorbonne, em Paris, é autor de vários livros sobre o imperador francês. Além disso, de acordo com o The Guardian, atuou como consultor em vários filmes sobre Napoleão.

#MAIS LIDAS DA SEMANA