O avanço de uma nuvem de gafanhotos põe as autoridades argentinas em alerta. Segundo o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa), a região classificada como “perigo” fica na fronteira com o Brasil, muito próxima ao oeste do Rio Grande do Sul.

Boletim divulgado pelo Senasa aponta que a tendência é de que a nuvem, que teria surgido em maio, no Paraguai, avance para a província de Entre Ríos, mais ao sul do país

Assista ao vídeo acessando a matéria completa no site parceiro R15 Notícias.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Senado aprova ampliação de divulgação sobre jovens desaparecidos

Projeto volta para análise da Câmara.

Regra que obriga telemarketing a se identificar ainda tem baixa adesão

Medida entrou em vigor há um mês.

Governo lança material para prevenção da peste suína africana

Brasil está livre da doença que não tem cura ou tratamento.