Após o atentado no posto Gigante em Ourinhos, na manhã de sexta-feira, 19, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência na Vila Nova em Presidente Prudente. Segundo informações o proprietário de um posto de combustível e um comerciante com quem ele tem contrato de fornecimento de produtos acabaram entrando em uma discussão, e em seguida o comerciante acabou desferindo um golpe de tesoura no proprietário do posto.

Segundo consta no boletim de ocorrência, no momento em que os policiais chegaram ao local, o comerciante, 49 anos, relatou a PM que os dois haviam se desentendido, e em um momento mais acalorado da discussão o empresário teria pegado uma tesoura para agredi-lo, momento em que teria conseguido sair e deixado a outra pessoa trancada na sala.

O empresário de 54 anos foi encontrado deitado no escritório, com um sangramento mão direita. Ele afirmou que acionou a polícia, pois, horas antes, o comerciante o teria ameaçado. Já o comerciante contradiz a versão do empresário conforme informações do B.O., ele diz que o empresário havia tentado golpeá-lo no tórax com a tesoura, porém, como estava imobilizado, atingiu o braço direito.

Os dois foram levados à delegacia e passaram por exame de corpo de delito. O comerciante afirma que não acertou o braço do outro homem. Segundo ele, no momento da briga, ele havia sido ameaçado de morte.

A polícia está investigando o caso.

Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Dupla é presa com 345 kg maconha em veículo guinchado

Suspeitos estavam em caminhão-guincho abordado na Raposo Tavares.

Mulher é presa com droga que seria enviada para Espanha

Apreensão foi feita em Santa Cruz do Rio Pardo.

Homem de 48 anos morre em batida frontal entre carro e bitrem

Acidente foi registrado na noite desta sexta-feira (25) em Martinópolis.