Arma e munições foram apreendidas pela Delegacia de Investigações Gerais. (Foto: Reprodução/TV Tem)

A polícia prendeu na madrugada desta sexta-feira (26), cinco homens suspeitos de participar de uma quadrilha de comércio ilegal de armas em Assis, SP. Foram três meses de investigação. Entre os presos está um ex-policial militar e seus dois filhos. Também foram apreendidos sete celulares e uma arma.

De acordo com Ricardo Antônio Nascimento Silva, delegado na Delegacia de Investigações Gerais da cidade, os dois filhos do ex-oficial participavam dos crimes vendendo as armas. “Apreendemos armas em Marília, em Paraguaçu Paulista e em Assis. Durante a investigação ficou comprovado tráfico de entorpecente, furto de veículo, extorsão, homicídio e tentativa de homicídio” ressalta o delegado.

Cerca de 30 policiais participaram da operação e apenas um mandado de prisão não foi cumprido porque o suspeito não foi encontrado. Durante toda a investigação, a policia apreendeu quatro armas. As investigações continuam já que existe a suspeita de que outras pessoas estejam envolvidas com a quadrilha.

“Quando eles ficavam sabendo que uma pessoa tinha arma, ficavam em cima, e compravam já com uma terceira pessoa interessada. O fim deles era obter o lucro com o comércio ilícito de armas”, afirma do delegado.

Cinco homens foram presos durante operação em Assis, SP (Foto: Reprodução/TV Tem)
Arma e munições foram apreendidas pela Delegacia de Investigações Gerais. (Foto: Reprodução/TV Tem)
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Caminhoneiro é preso com cocaína escondida dentro de cilindro de ar

Ocorrência foi apresentada na Polícia Federal de Marília (SP).

Polícia encontra armas e drogas com passageiras de ônibus

Três armas, além de 26 tabletes de maconha, foram apreendidos.

Dupla é presa com 345 kg maconha em veículo guinchado

Suspeitos estavam em caminhão-guincho abordado na Raposo Tavares.

Vídeo flagra homem ateando fogo em carro na região

O veículo, que pertence a uma servidora municipal, ficou destruído.