Fique conectado

Polícia

Vândalos invadem Estádio Municipal de Paraguaçu e depredam vestiário de atletas

Os vândalos arrancaram e quebraram lâmpadas, destruíram a caixa de energia e arrancaram toda a fiação, furtando os materiais.

Publicado em

181

Detalhe da depredação no vestiário do Estádio Municipal (Foto: Assessoria de Comunicação)

Na última sexta-feira, dia 2 de novembro, feriado de Finados, marginais adentraram no Estádio Municipal Carlos Affini em plena luz do dia e arrombaram portas no vestiário, invadindo o local e destruindo praticamente tudo o que viram pela frente.

Os vândalos arrancaram e quebraram lâmpadas que estavam instaladas no local, destruíram a caixa de energia e arrancaram toda a fiação, furtando os materiais.

Recentemente o estádio municipal passou por uma ampla reforma, recebendo inclusive nos vestiários, a nova estrutura de fiação e iluminação, item imprescindível para o seu funcionamento.

Agora, com os atos de vandalismo e marginalidade, o serviço precisará ser refeito, empenhando mais recursos e tempo para que a praça esportiva possa ser liberada para o uso dos paraguaçuenses.

O Departamento de Esportes registrou Boletim de Ocorrências na Delegacia de Policia e o caso está sendo investigado.

 

Mais um grande prejuízo aos contribuintes e ao local de tantas glórias (Foto: Assessoria de Comunicação)

Publicidade

Polícia

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota

Em menos de um mês, três templos católicos são furtados e vandalizados no município.

Publicado em

De O Diário do Vale
Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

O furto e o vandalismo de igrejas estão causando preocupação aos religiosos em Cândido Mota (SP). Na madrugada desta quinta-feira (23), a Polícia Civil do município registrou o terceiro crime contra os templos em menos de um mês. Uma porta lateral da igreja São Francisco, no jardim São Francisco, foi estourada, e além de vandalizar o local quebrando gavetas e deixando objetos espalhados pelo chão, os bandidos quebraram o Sacrário e fugiram levando microfones e objetos de metal.

Na madrugada do dia 11, a igreja matriz de Cândido Mota já havia sido alvo de furto e vandalismo. Após entrar pela nave central, quebrando uma das janelas laterais, o bandido furtou uma quantia em dinheiro e deixou vários objetos quebrados. No dia 17, o alvo da vez foi a igreja da comunidade São José, na vila Pires. Após entrarem pelo teto, bandidos furtaram uma TV pertencente à catequese, além de microfones e até um cálice.

“Graças a Deus, em todos os casos ninguém ficou ferido e não mexeram nas hóstias consagradas”, disse frei Décio Pacheco, pároco em Cândido Mota.

Investigação
Segundo o delegado titular em Cândido Mota, Gustavo Barbosa de Siqueira, a Polícia Civil está adotando todas as medidas de investigação, não descartando nenhuma linha de apuração. “Os investigadores irão analisar o material coletado a respeito e verificar o quanto antes o responsável pelos crimes para a sua responsabilização”, disse o delegado.

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Igreja da comunidade São Francisco é furtada em Cândido Mota (Foto: Reprodução/O Diário do Vale)

Continue lendo

Polícia

Criança de Ipaussu é internada com suspeita de febre maculosa

Secretaria da Saúde aguarda os resultados dos exames para confirmar diagnóstico. Na mesma cidade, uma criança de 11 anos morreu com a suspeita da mesma doença na última segunda-feira (20).

Publicado em

Do G1
Criança de Ipaussu é internada com suspeita de febre maculosa

Uma criança de 8 anos, moradora de Ipaussu (SP), foi internada na Santa Casa de Ourinhos (SP) com suspeita de febre maculosa.

Em nota, o hospital informou que a criança segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, mas consciente.

Na última segunda-feira (20), um menino de 11 anos morreu na Santa Casa de Ipaussu com suspeita de febre maculosa. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a morte foi confirmada duas horas depois que ele chegou no hospital.

Os casos estão sendo investigados e a Secretaria da Saúde aguarda os resultados de exames pra confirmar as causas.

Nesta quarta-feira (22), o lago municipal de Ipaussu foi interditado pela prefeitura como medida preventiva contra a doença.

A Prefeitura de Ipaussu informou está oferecendo todo o suporte necessário às famílias e que medidas de combate à febre maculosa estão sendo tomadas em relação ao manejo das capivaras, que são os animais hospedeiros do carrapato estrela, transmissor da doença.

Continue lendo

Polícia

Ladrões fazem a ‘limpa’ em barracão de fazenda em Paraguaçu Paulista

A vítima se deu conta do furto na segunda-feira, dia 20, mas ele ocorreu na madrugada do último sábado.

Publicado em

Do i7 Notícias

O proprietário de uma fazenda teve um grande prejuízo, após ser furtado no último sábado (18), em Paraguaçu Paulista (SP). Ladrões arrombaram o barracão do local e levaram uma grande quantidade de maquinários, acessórios e ferramentas.

A vítima, de 66 anos, relatou à polícia que na segunda-feira, dia 20, chegou à fazenda, localizada na Rodovia SP-421, e se deparou com a porteira sem o cadeado. Ao ir até o barracão, viu que as portas estavam arrombadas e os cadeados quebrados no chão.

Ele deu falta de uma carretinha, que, provavelmente, foi usada para levar os objetos até a estrada, onde foi acoplada em um veículo. Entre os objetos furtados, estavam: roçadeiras, furadeiras, motosserras, esmerilhadeiras, bomba costal, caixas de ferramentas, além de acessórios para pesca, entre outros.

Até o fechamento desta matéria, os autores do furto não haviam sido localizados.

A Polícia Civil investiga o caso.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas