Ex-pastor é preso suspeito de estuprar crianças em Ourinhos

Vítimas identificadas tinham entre 5 a 7 anos quando foram abusadas.

Um ex-pastor de Ourinhos, de 59 anos, é suspeito de estuprar de pelo menos três crianças. Ele foi preso temporariamente na segunda-feira (15), em São José dos Campos, no Vale do Paraíba. No entanto, o caso só foi divulgado nesta quarta-feira (17), em entrevista coletiva concedida pela delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Ourinhos, Ana Rute de Castro Bertolaso. As vítimas, todas meninas, foram estupradas quando tinham entre 7 e 9 anos. O caso corre em segredo de Justiça.

A delegada informou que o suspeito já não pregava mais nas igrejas. Uma denúncia anônima fez a polícia começar a investigação há oito meses. “Ele também é sócio majoritário de uma rádio comunitária local. Esse ex-pastor negou e aproveitou o direito de permanecer calado e falar só em juízo. Ele chegou a procurar anteriormente os parentes dessas vítimas para pedir perdão pelos atos praticados. As vítimas que identificamos tinham entre 7 e 9 anos de idade, mas hoje já são adolescentes. Os fatos foram praticados aproximadamente há cinco anos”.

Outra vítima entrou em contato nesta quarta-feira. “Ela já é adulta. Porém, ela só comunicou os fatos para a família em 2011, tamanha a dificuldade e problemas de saúde que os abusos causaram nela. Ainda não foi ouvida porque não mora no estado de São Paulo. O objetivo agora é identificar novas vítimas”, afirmou a delegada.

Ele está preso na cadeia de São Pedro do Turvo à disposição da Justiça.

DDM começou investigação há oito meses (Foto: Reprodução TV TEM)

#MAIS LIDAS DA SEMANA