Homem é esquartejado pela esposa e tem cabeça queimada em Ourinhos

A perícia compareceu no local e agora o crime passional será investigado pela equipe da DIG.

Manoel Ferreira Lemos, 73 anos (Foto: Ourinhos Notícias)

Manoel Ferreira Lemos, 73 anos, “Capixaba”, foi assassinado com uma marretada na cabeça e esquartejado em sua residência na Rua Hugo Berlandi, nº 90, Jardim Ideal.

A equipe da delegacia especializada DIG de Ourinhos encontrou partes de seu corpo em um saco e a cabeça queimada num terreno próximo do local dos fatos na tarde de hoje (10/6).

A policia Civil trabalha com a hipótese de crime passional, uma vez que uma testemunha revelou que o casal estava passando por uma crise, pois sua esposa Maria Esmerilada Correia, 56 anos, descobriu que ele tinha outra.

Manoel teve seu corpo esquartejado inclusive sua cabeça foi queimada num terreno próximo a sua residência.

Dentro da casa foi encontrado um balde com sangue da vítima e um saco com partes do corpo. A suspeita de matar o marido usou uma faca de cozinha, facão de corta cana, uma marreta e ferramenta usadas por pedreiro.

Para o delegado o crime aconteceu durante a madrugada de hoje, Manoel recebeu o golpe de marreta quando ainda dormia e em seguida a assassina cortou seu pescoço e o corpo em sete partes colocando-as em um saco.

“Acredito que autor agiu tranquilamente sozinho e também tem certo conhecimento, pois as partes do corpo foram cortadas nos ligamentos e a parte mais pesada o tronco, a homicida enrolou num lençol e cobertor, além de tudo ainda esgotou todo o sangue despejando num balde em seguida limpou todo o local não deixando vestígios de sangue”, contou Beffa.

A perícia compareceu no local e agora o crime passional será investigado pela equipe da DIG.

Manuel teve a cabeça decepada e queimada no terreno (Foto: Ourinhos Notícias)
Duas facas e um facão de cortar cana foram apreendidos (Foto: Ourinhos Notícias)

#MAIS LIDAS DA SEMANA